Publicidade
Manaus
Manaus

Ativação de reservatório do Proama não soluciona falta d’água

Moradores do local onde fica o reservatório ‘liberado’, acreditam que o serviço  vai beneficiar a minoria da população do bairro Nova Floresta, Zona Leste 03/09/2012 às 20:35
Show 1
Reservatório conta com 16 torneiras públicas
Thiago Gonçalves Manaus (AM)

Na manhã desta segunda-feira (3), começou a distribuição gratuita da água de um dos reservatórios do Programa Água Para Manaus (Proama), que ainda não saiu do papel. Mesmo com a garantia de água através da instalação de 16 torneiras e uma tomada para o abastecimento de carro-pipa, moradores do bairro Nova Floresta, na Zona Leste de Manaus, reclamam da falta do líquido nas suas casas.

Para o líder da Comunidade de São Francisco do Bairro Nova Floresta, João Ribeiro, 48, poucos moradores serão beneficiados pela distribuição da água, determinada pelo governador do Amazonas, Omar Aziz. “A pessoa que chega em casa do trabalho cansada, depois de um dia inteiro fora, e ainda vai ter que buscar água, por não ter outra opção”, disse.

Alguns moradores da Rua Topázio, onde está localizado o reservatório ‘liberado’, acreditam que o serviço de distribuição da água vai beneficiar a minoria da população do bairro Nova Floresta. “O bom seria distribuir água encanada paras as casas, o que deixa a desejar. Em casa a água chega e em menos de trinta minutos vai embora”, conta a dona de casa, Simone Lima, 30 anos.


Com abertura do reservatório, moradores do bairro Nova floresta aproveitam água para os afazeres domésticos (Foto: Márcio Silva)

A moradora Franciele da Silva Freitas, de 20 anos, acredita que a distribuição da água do reservatório vai suprir um pouco a necessidade diária para os afazeres domésticos. “Vai melhorar um pouco. De manhã da água rapidinho. Mal dá pra encher as garrafas, lavar roupa e as louças”, revela.

Metodologia

De acordo com o presidente da Companhia de Saneamento do Amazonas (Cosama), Heraldo Câmara, inicialmente o reservatório será aberto todos os dias, das 6 horas ao meio dia, e das 14h às 20h. “Desta forma vamos fazer a distribuição através das torneiras públicas. Estamos estudando a distribuição em carros-pipas para os moradores do bairro. A previsão é que eles façam trajeto pelas ruas adjacentes do local em que é localizado o reservatório”, afirmou.

O representante da Cosama (que executa o serviço) adiantou que dentro de 10 a 15 dias novos reservatórios serão abertos nos bairros Jorge Teixeira, Tancredo Neves e Amazonino Mendes (Mutirão). “Ao todo são cinco reservatórios funcionando em Manaus, e um deles no Núcleo 23, já está com abastecimento”, disse Câmara.

O reservatório do bairro Nova Floresta, com 13 metros de altura e 20 metros de diâmetro, é um dos cinco construídos pelo Governo do Estado para o novo sistema.

Veja galeria de imagens