Publicidade
Manaus
Manaus

Banco de Leite do Amazonas procura doadoras

De acordo com a enfermeira responsável pelo Banco, nos últimos meses houve uma queda no número de doadoras e no estoque de leite humano 16/04/2012 às 12:49
Show 1
As mães são orientadas pela equipe do banco com relação às orientações sobre a coleta e o armazenamento do leite
acritica.com Manaus

O Banco de Leite do Amazonas, que funciona na Maternidade Ana Braga, precisa de novas doadoras. Segundo a enfermeira responsável pelo Banco, Jucimery Silva, nos últimos meses houve uma acentuada queda no número de doadoras e no estoque de leite humano, utilizado para alimentar bebês internados nas Unidades de Terapia Intensiva (UTI) e que não podem ser alimentados pela própria mãe.

“Nos três primeiros meses desse ano nós percebemos que o número de doadoras foi diminuindo gradativamente e estamos preocupados, pois o leite materno doado é a garantia de alimentos para os bebês que estão nas UTIs”, destaca a enfermeira.

O banco já está desenvolvendo algumas ações para recrutar novas doadoras, entre as quais está a de sensibilização das mães dentro da própria maternidade Ana Braga.

A enfermeira destaca que qualquer mãe em fase de amamentação e que possua leite materno excedente pode ser doadora. Uma avaliação clínica é feita na mãe e no bebê e a partir da primeira coleta, o procedimento pode ser feito em casa, pela própria doadora.

As mães são orientadas pela equipe do banco com relação às medidas que tem que ser tomadas sobre a coleta e o armazenamento do leite.

A distribuição de um folheto com todos os passos para o manejo e conservação adequada do leite, incluindo cuidados higiênicos e a imediata manutenção do produto em freezer ou congelador, também é feita.

O Banco de Leite do Amazonas também desenvolve o projeto “Pronto Socorro da Mama”, com sistema de pronto atendimento a mulheres com mastite (inflamação da mama), durante o período de lactação.  

Mães que deixaram de amamentar ou não iniciaram a amamentação por algum motivo  também podem utilizar o Banco para um processo de incentivo à produção de leite. É oferecido, ainda, atendimento a mulheres com hipogalactia (pouco leite), fissura mamilar (rachadura no bico) ou ingurgitamento (empedramento dos seios).