Publicidade
Manaus
Manaus

Bandidos fazem arrastões em 13 estabelecimentos comerciais de Manaus em menos de 12h

Várias lojas foram assaltadas na manhã e tarde desta quarta-feira (16). Durante alguns assaltos os reféns chegaram a ser ameaçados e torturados 16/05/2012 às 20:01
Show 1
A Delegacia Especializada em Roubos, Furtos e Defraudações (DERFD) vai fazer as investigações
Catiane Moura e Ana Paula Sena Manaus

Em menos de doze horas, foram registrados em diversas delegacias da cidade de Manaus treze assaltos a estabelecimentos comerciais. Na maioria dos casos os bandidos foram violentos e ameaçaram voltar se as vítimas denunciassem à polícia.

Na manhã desta quarta-feira (16), no Centro da cidade, os ladrões começaram a agir cedo. No intervalo de duas horas, as Joalherias “Requinte”, localizada na avenida Henrique Martins e a “Companhia das Joias”, também no Centro, foram roubadas por quatro bandidos que munidos de armas de fogo deram um prejuízo de mais de R$ 35 mil em joias e dinheiro aos estabelecimentos.

Por volta das 11h, uma quadrilha também assaltou a proprietária de uma cozinha industrial, de 37 anos, na frente do seu estabelecimento, na rua A 13 com a Penetração, no Japiim, Zona Sul. Segundo as vítimas, os bandidos levaram R$ 5 mil em espécie.

Uma loja de material de construção e um mercadinho, ambos localizados na avenida Constantino Nery, também foram alvos dos ladrões. Os suspeitos ainda renderam e mantiveram as vítimas como reféns.

Um mercadinho na rua do Presepé, no Santo Agostinho, Zona Oeste; a Panificadora Oliveira na Avenida Tenente Roxana Bonesse no Nova Cidade, Zona Norte, também, foram roubadas.

Outros alvos dos assaltantes foram o Atacadão da Madeira, na avenida Timbiras, na Cidade Nova; drogaria FarmPharma na Avenida Tefé;  um lanche na praça de alimentação da Sefaz, no Aleixo,  e um posto de lavagem, no Cidade Nova 2, Zona Norte.

O titular da delegacia de Roubos, Furtos, e Defraudações (DREF), Orlando Amaral afirmou que já existe uma investigação para prender os suspeitos desses tipos de roubos e que fará de tudo para prender os responsáveis.

Roubo violento

Um dos assaltos mais violentos dessas últimas doze horas ocorreu no restaurante Xavier, conhecido como Rei do Carneiro, localizado no Conjunto Santos Drummond, Zona Oeste, no início desta quarta-feira.

 Do local os bandidos não chegaram a levar dinheiro, apenas alguns bens materiais, mas torturaram cerca de oito pessoas que mantiveram reféns por mais de quarenta minutos.

“Eles tiraram onda com a nossa cara, beberam, comeram nos torturam da forma mais violenta possível”, contou o filho do proprietário do restaurante Paulo Misael, 28.

Segundo a vítima, os três bandidos que invadiram o local munidos de arma de fogo, também usaram facas para intimidar todos. “Eles colocaram a mão do meu irmão em uma mesa e ficavam dizendo que iam cortar os dedos dele se não aparecesse dinheiro. Ameaçou também cortar nossas orelhas”, relatou Paulo Misael.