Publicidade
Manaus
BRUTALIDADE

‘Beira’ confessou ter cortado pescoço da britânica e jogado corpo no rio, diz delegado

Artur Gomes da Silva, o “Beira”, foi encontrado desarmado, com GPS e celular em área de mata do município de Coari 20/09/2017 às 19:33 - Atualizado em 20/09/2017 às 19:37
Show beira  123
Fotos: Divulgação/PC
Tiago Melo Manaus (AM)

Preso na tarde desta quarta-feira (20), em Coari, município do Amazonas distante 363 km de Manaus, Artur Gomes da Silva, mais conhecido pelo apelido “Beira”, confessou à Polícia Civil ter cortado o pescoço da esportista britânica Emma Kelty e jogado o corpo dela no rio. As informações são do delegado do município, José Barradas.

Segundo o delegado, “Beira” foi encontrado escondido no mato portando apenas um celular e um GPS. “Ele foi localizado pela equipe da Polícia Civil após recebermos, por meio da Marinha, uma denúncia anônima da comunidade Lauro Sodré, local onde a atleta foi assassinada”, afirmou o delegado.

Ainda conforme ele, “Beira” estava desarmado e não reagiu à prisão. “Foi uma captura fácil e amanhã ele estará sendo encaminhado de avião para Manaus”, explicou José Barradas.


GPS e celular foram encontrados com "Beira"

Ao todo, sete pessoas são apontadas como envolvidas no assassinato da britânica: um foi morto, quatro estão detidos na polícia e dois continuam foragidos. Os foragidos são Erimar Ferreira da Silva, o “Chico”; e Nilson Ferreira da Silva. Todos tiveram prisão preventiva solicitada à Justiça.

Além de Artur, estão entre os detidos um adolescente de 17 anos apreendido, Erinei Ferreira da Silva, 28, o “Alfinete”; Jardel Pinheiro Gomes, 19, o “Kael”. Antes, “Kael’’ era dado como adolescente, mas a polícia descobriu que ele havia mentido sobre a própria idade.