Publicidade
Manaus
contêiner literário

Briga de vizinhos por causa de bibilioteca vira caso de polícia em conjunto do bairro Flores

Morador tentava implantar um contêiner que serviria de biblioteca comunitária, mas vizinhos impediram a ação, por entenderem que o local, apesar de ser uma área verde, pertence a um condomínio 13/05/2016 às 11:09
Show 1082293
Jorge Klein adiou a implantação da biblioteca e que vai apelar para a justiça
acritica.com Manaus (AM)

O que deveria servir de incentivo à leitura acabou se transformando em desentendimento no residencial Senador João Bosco, em Flores, na Zona Centro-Sul.

Ontem (12), enquanto um morador tentava implantar um contêiner que serviria de biblioteca comunitária, outros impediram a ação, por entenderem que o local, apesar de ser uma área verde, pertence a um condomínio.

Morador e criador do projeto, Jorge Klein afirma que o contêiner vai beneficiar a toda a comunidade, disponibilizando um acervo de mais de 8 mil livros, além de espaço para realizar oficinas de leitura e redação.

No entanto, um grupo de pessoas que moram no local, disseram não concordar com a ideia porque temem pela segurança e por não saberem como o projeto seria executado. “Essa questão tem que ser discutida em assembleia, porque tem que passar pelo regimento do condomínio”, disse o morador, Moisés dos Santos, 43.