Publicidade
Manaus
Manaus

Blitz contra poluição sonora termina com nove autos de infração

Esta foi a segunda Operação Select, de combate à poluição sonora, do ano de 2012, que teve como foco os postos de gasolina da Avenida do Turismo e Estrada da Ponta Negra 18/03/2012 às 16:22
Show 1
Os fiscais da Semmas se depararam com situações inusitadas durante a Blitz, como a de veículos que atrabalhavam a passagem de outros carros nas proximidades do aeroporto
acritica.com Manaus

Nove autos de infração (postos e veículos tunados), 16 notificações de veículos com equipamentos sonoros, duas apreensões de equipamentos e dois estabelecimentos (um bar e um posto de gasolina) interditados. Este foi o resultado da blitz de combate à poluição sonora realizada na madrugada deste domingo (18/03), pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas)

Esta foi a segunda Operação Select do ano de 2012, que teve como foco os postos de gasolina da Avenida do Turismo e Estrada da Ponta Negra. Os estabelecimentos situados nessas duas vias são os mais denunciados por meio do Disque Denúncia Linha Verde da Semmas (08000-92-2000).

Os postos de gasolina com maior movimentação de carros tunados foram o Posto Shell, da Estrada da Ponta Negra, em frente à Igreja da Restauração (onde mais de 20 veículos estavam estacionados), o Posto BR da Avenida do Turismo e o Equatorial, na Avenida Desembargador João Machado, no Lírio do Vale.

No Posto Equador, da Estrada do Aeroporto, próximo ao Eduardinho, a operação se deparou com uma situação inusitada. Os veículos tunados estavam estacionados no acostamento do outro lado da via, obstruindo a passagem dos veículos que seguiam em direção ao aeroporto. A ousadia chamou a atenção dos agentes de trânsito do Manaustrans, que alertaram para o risco de acidentes como colisões e atropelamentos.

Os veículos fugiram do local logo que avistaram o comboio da blitz. A ação também realizou abordagens em dois bares: um na Avenida Carvalho Leal, na Cachoeirinha, que mantinha música ao vivo e mesas e cadeiras ocupando o passeio público, e outro na Estrada da Ponta Negra. Os dois estabelecimentos foram autuados e interditados.

O Implurb também autuou os estabelecimentos. Ao todo, o órgão emitiu cinco autos de infração, quatro notificações e cinco termos de interdição.