Publicidade
Manaus
Manaus

Cadela que sumiu em voo da TAM pode estar perdida na mata

Na manhã desta segunda-feira (17), o padrasto da responsável pela cadela, o funcionário público Maurício Lapa, 60, recebeu um telefonema que indicava o suposto paradeiro do animal, mas ela não foi encontrada 17/09/2012 às 11:30
Show 1
Carmina desapareceu após voo do Rio para Manaus
acritica.com Manaus (AM)

A cadela Carmina, que desapareceu na última terça-feira (11) no Aeroporto Internacional Eduardo Gomes em Manaus após pouso do avião da TAM em que era transportada, pode estar perdida em matagal nos arredores do aeroporto.

Na manhã desta segunda-feira (17), o padrasto da tutora da cadela, o funcionário público Maurício Lapa, 60, recebeu um telefonema que indicava o paradeiro da cachorra.

Os familiares realizaram buscas no local indicado, mas ela não foi encontrada. “O rapaz que ia para o trabalho me ligou e disse que acreditava que ela (Carmina) estava próximo do aeroporto, em uma área de mata”, disse Lapa.

Apoio

A cadela é criada pela enteada de Mauricio, a engenheira florestal Cléo Carvalho Ohana, 26, que desembarcou em Manaus neste sábado (15). De acordo ele, todos seguem mobilizados nas buscas pela cadela. Ele aproveitou para agradecer o apoio prestado pelas pessoas que acompanham o sumiço da cachorra e que fazem campanhas de mobilização nas redes sociais.

“Continuamos com as buscas. A esperança é a última que morre. Estamos recebendo várias ligações das pessoas prestando informações e apoiam a nossa mobilização”, ressaltou Maurício.

Ainda de acordo com Maurício, a empresa TAM Linhas Aéreas se comprometeu a produzir cartazes com a fotografia da cadela para divulgação no aeroporto em Manaus, mas ainda não o fez. “Nós queremos que a TAM nos ajude realmente. Até agora não espalhou os cartazes nas imediações do aeroporto que prometeu”, afirmou ele. “Nós produzimos alguns cartazes e fizemos a distribuição”, completou.

Contato
Para informações sobre o animal ou mesmo a devolução da estão disponíveis os números de telefone 092 9627-6750 (Cleide) ou 092 9988-3889 (Maurício).