Publicidade
Manaus
Manaus

Caged aponta redução de 88% nas contratações por carteira assinada no Amazonas

Em Manaus, o saldo foi de 442 empregos gerados. Além da capital e de Parintins, apresentaram soldo positivo os seguintes municípios: Itacoatiara (29), Maués (10), Tabatinga (7), Manacapuru (2) e Manicoré (1) 17/05/2012 às 16:13
Show 1
Amazonas registra mais contratações do que demissões em abril
Ana Carolina Barbosa Manaus

Dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) apontam uma queda de 88,8% no número de contratações no Amazonas em abril deste ano com relação a igual período de 2011. O saldo positivo passou de 4.346, em abril do ano passado, para 485 no mês passado. Contudo, foi registrado um aumento de 0,11% entre março e abril de 2012, já que o número de contratações formais foi superior ao de demissões no Estado.

Um destaque para o município de Parintins (a 420 quilômetros de Manaus), que apresentou aumento de 4,84% entre os meses de março e abril, registrando mais 116 postos com carteira assinada.

Em Manaus, o saldo foi de 442 empregos gerados. Além da capital e de Parintins, apresentaram soldo positivo os seguintes municípios: Itacoatiara (29), Maués (10), Tabatinga (7), Manacapuru (2) e Manicoré (1). Fonte boa igualou o número de contratações ao de demissões e outros quatro municípios apresentaram dados negativos. São eles: Coari (-5), Humaitá (-6), Iranduba (-9) e Tefé (168).

O saldo positivo geral é fruto do crescimento do emprego, principalmente, no setor de Serviços (mais 1.013 postos), cujo saldo superou a queda registrada na Indústria de Transformação (menos 980 postos). Conforme os dados, na série ajustada, que incorpora as informações declaradas fora do prazo, nos quatro primeiros meses do corrente ano houve decréscimo de menos 537 postos, o equivalente a menos 0,12%.

Ainda na série com ajustes, nos últimos 12 meses verificou-se crescimento de 6,00% no nível de emprego, ou, mais 24.690 postos de trabalho. Em termos absolutos, este resultado foi o segundo melhor da Região Norte, sendo superado somente, pelo verificado no Pará (mais 50.726 postos).