Publicidade
Manaus
Manaus

Calendário municipal terá 'Dia do Padeiro'

A proposta foi encaminhada à sanção do prefeito Amazonino Mendes (PDT) 29/10/2012 às 19:08
Show 1
Manaus terá Dia do Padeiro
acritica.com Manaus

A partir do próximo ano os panificadores que atuam no Município serão lembrados no dia 13 de junho. A data foi instituída como o ‘Dia do Padeiro’, após a aprovação, em plenário, do projeto de lei nº110/2012, de autoria do vereador Joaquim Lucena (PSB). A proposta foi encaminhada à sanção do prefeito Amazonino Mendes (PDT).

De acordo com a proposta, a comemoração também pode ser designada como o ‘Dia de Santo Antônio’, data em que os religiosos distribuem pãezinhos à população carente. De acordo com Lucena, que atuou como padeiro durante um ano, nacionalmente o panificador é homenageado no dia 8 de julho, porém, no âmbito municipal, os profissionais ainda não eram lembrados.

O vereador afirma que recebeu uma solicitação por parte do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Panificação, Confeitaria, Massas Alimentícias e Biscoitos de Manaus (Sintrapam).

“Fui padeiro na década de 1970 e foi uma experiência gratificante. Hoje, vi a necessidade de parabenizar esses profissionais que se esforçam diariamente para fornecer o pão que consumimos diariamente”, afirma.

Atualmente, o Sintrapam tem o registro de 12 mil profissionais cadastrados na capital e cerca de 20 mil no âmbito estadual. O vice-presidente do Sindicato, Roberto Rodrigues, comenta que integra a Associação há 20 anos, período em que a categoria luta para conseguir a aprovação de um projeto alusivo ao segmento. Para Rodrigues, a aprovação da ementa é uma conquista.

 “Sempre lutamos por isso. Já estivemos na Câmara Municipal de Manaus, onde recebemos homenagens e também pedimos esse apoio. Acredito que também merecemos ser parabenizados pela profissão”, salienta.

Segundo Rodrigues, o salário médio de um panificador determinado em Convenção Coletiva gira em torno de R$ 800, para uma jornada de oito horas de trabalho diárias. Este valor pode ser alterado conforme o nível de experiência do profissional. “O nível de experiência pode influenciar na determinação de salários e até mesmo na carga horária do padeiro”, conclui.

Com informações da assessoria.