Publicidade
Manaus
Manaus

Calor que ‘expulsa’

 Com a falta de nuvens, chuvas e sensação térmica é de 50ºC; policiamento nas saídas da cidade para balneários será reforçado 15/09/2012 às 14:51
Show 1
Interdição da praia da Ponta Negra aos banhistas, por conta de afogamentos, ocorre no momento em que o clima da cidade causa sensações térmicas de 50ºC
Steffanie Schmidt Manaus

Impressão de tempo seco, falta de nuvens e sensações térmicas que podem chegar aos 50ºC. Tudo isso pode ser traduzido em números: em setembro, o 1º Distrito do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) registrou 11mm de chuva, em média, quando o esperado para Manaus e região metropolitana era 73,7mm.

Tudo indica que este será o recorde já que o período em que tradicionalmente as precipitações são mínimas é agosto. Este ano, o registro foi de 47 mm. Em 2010, o ano que teve o dia mais quente na capital amazonense - perto dos 39º C, registrados em outubro - foram contabilizados 46 mm de chuva.

(A íntegra deste conteúdo está disponível para assinantes digitais ou na versão impressa deste sábado - 14).