Publicidade
Manaus
Cotidiano, Aeroporto Eduardo Gomes, cancelamento, voos, TAM

Cancelamento de voos gera tumulto no aeroporto de Manaus

Passageiros da TAM afirmam que a empresa não deu a assistência devida a quem teve o voo cancelado  29/04/2012 às 18:11
Show 1
Passageiros cercam funcionário da empresa em busca de informações sobre embarque dos voos cancelados
Síntia Maciel e Renata Magnenti Manaus

O mal tempo registrado neste domingo (29) em Manaus pode ter contribuído para o cancelamento de oito vôos que sairiam da cidade e também no atraso de outros oito que deveriam desembarcar no aeroporto internacional Eduardo Gomes, localizado no bairro Tarumã, Zona Oeste de Manaus.

A chegada e partida de aeronaves no aeroporto internacional de Manaus ficaram suspensas das 22h42 desse sábado (28) às 8h deste domingo.

Os cancelamentos pegaram de surpresa os passageiros que embarcariam durante a madrugada. Os mesmos ficaram sem saber porquê os embarques não estavam ocorrendo.

“Estou há mais de 12 horas no aeroporto e as funcionárias não sabem informar nada. A única coisa que dizem é que o vôo vai sair”, declara a jornalista Baby Rizzato que deveria embarcar às 3h para o Rio de Janeiro, pela TAM , mas às 9h continuava em solo amazonense.

Aproximadamente 1,5 mil passageiros da empresa ficaram "acomodados" pelo saguão do aeroporto, esperando o momento de embarcar.

A TAM teve cinco vôos atrasados e de acordo com a legislação em caso de cancelamento, a empresa deve reembolsar os passageiros.

Destes vôos dois tinham como destino São Paulo (SP), e os demais Brasília (DF), Rio de Janeiro (RJ) e Porto Velho (RO).

O tumulto no saguão do aeroporto, principalmente nos guichês da TAM foi generalizado.

Crianças de várias idades, idosos, cadeirantes entre outros passageiros que haviam se preparado para embarcar durante a madrugada e a manhã deste domingo tiveram que aguardar por horas.

“Cheguei aqui de madrugada e até agora a TAM não nos deu um uma informação oficial”, disse o estatístico Francisco Alves, que tinha São Paulo como destino. O passageiro foi um dos que tentaram ser porta-voz dos demais devido a falta de coordenação e organização por parte da companhia.

Os funcionários da TAM informaram que todos os passageiros seriam relocados em outros vôos. Entretanto, somente após às 11h30 é que alguns deles foram encaminhados a hotéis até que o embarque dos mesmos fossem liberados.

A Infraero por meio de sua assessoria de comunicação explicou que esta foi a segunda vez em menos de uma semana que as atividades foram suspensas no aeroporto internacional de Manaus.

Os voos previstos para desembarcar na capital amazonense foram desviados para as cidades de Boa Vista (RR), Porto Velho (RO), Belém (PA) e Brasília (DF).

Em nota divulgada à imprensa a TAM informou “que devido ao fechamento do aeroporto de Manaus em decorrência do mau tempo na cidade desde a madrugada deste domingo (29), teve de alternar e cancelar diversos voos na capital amazonense”.

Ainda conforme a nota, “os passageiros estão recebendo a assistência prevista pela legislação e serão reacomodados, nos próximos voos, de acordo com a disponibilidade. A TAM está empenhando seus melhores esforços para normalizar a situação o mais rapidamente possível.”