Publicidade
Manaus
Manaus

Candidato pede urna eletrônica para concorrer à pleito da OAB

 Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM) vai ceder urna para o processo eleitoral que vai escolher, em novembro, a direção da Ordem 20/10/2012 às 11:05
Show 1
Advogado Oldeney oficializou candidatura. Duas chapas estão na disputa
acrítica ---

O advogado Oldeney Valente, pré-candidato à presidência da Ordem dos Advogados do Brasil, seção do Amazonas (OAB-AM), protocolizou nesta sexta-feira (19), na sede da OAB-AM, o pedido de registro da chapa “Ordem Viva”, para  concorrer ao pleito da categoria que se realizará no dia 30 de novembro.

A chapa encabeçada por Valente, composta de 77 advogados de todas as especialidades da advocacia, pública e privada, tem como candidato a vice-presidente do Conselho Seccional, o advogado Bráulio Ghidalevich e, como candidato a presidente da Caixa de Assistência dos Advogados (CAA-AM), Jairo Bezerra Lima. Para compor a delegação do Amazonas no Conselho Federal da OAB estão os advogados Antônio Pinheiro de Oliveira, Elói Pinto de Andrade e Sulamita Augusta da Silva (titulares) e Aristófanes Castro Filho e Edson de Oliveira (suplentes).

Ontem, o advogado Oldeney Valente visitou o presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE-AM), desembargador Flávio Pascarelli Lopes, e entregou um requerimento no qual pede que o órgão que volte a  cooperar com a cessão de urnas eletrônicas para a eleição na OAB-AM.

“Pedimos ao desembargador Pascarelli para ele autorizar a cessão de urnas eletrônicas, como já foi feito nas eleições de 2000, 2003, 2006 e 2009. A eleição mediante cédula manual é um sistema que, além dos incovencientes da morosidade e da falta de confiabilidade, é incompatível com a dinâmica dos dias atuais”, disse Oldeney Valente.

Duas chapas disputam a direção da OAB-AM. Aproximadamente 5 mil dos 8 mil advogados estão aptos a votar, de acordo com a presidência da instituição. O mandato será de 1º janeiro de 2013 a 31 de dezembro de 2015.