Publicidade
Manaus
Bolsa Universidade

Candidatos do Bolsa Universidade temem perder prazo de matrícula em Manaus

O desencontro de informações tanto da instituição de ensino quanto do Programa Bolsa Universidade gera descontentamento de candidatos contemplados 29/02/2012 às 14:03
Show 1
Candidatos estão preocupados em perder vagas na faculdade
Cassandra Castro Manaus

O autônomo Alex Alves Brandão e o industriário Mario Roberto de Araújo Aguiar foram convocados na segunda chamada dos aprovados no vestibular da Escola Superior  Batista do Amazonas (Esbam), mas ainda não conseguiram realizar a matrícula no curso de direito noturno. Eles alegam que está havendo desencontro de informações tanto da instituição de ensino quanto do Programa Bolsa Universidade.

Os dois candidatos estão inscritos no Bolsa Universidade que garante para eles bolsas de 50%  para cursarem a faculdade, só que ambos temem perder o prazo para a matrícula, que termina no próximo dia 5 de março.

“Estamos desde a semana passada tentando resolver este problema e até agora, nada.  Eles (Prefeitura e Esbam) ficam empurrando o caso de um para o outro”, desabafa Alex Brandão.

O candidato conta que na primeira vez que foi à faculdade recebeu a informação de que não poderia realizar a matrícula porque não havia candidatos suficientes para fechar turma.  Ele procurou então a coordenação do programa Bolsa Universidade que informou ter recebido uma relação errada da instituição e que o candidato deveria voltar à faculdade na última terça-feira (28).“Nós retornamos lá e a informação dada pela faculdade já era outra: de que não havia mais vagas disponíveis”,conta .

O industriário Mário Aguiar disse que os dois estão chateados porque seguiram todas as etapas exigidas pelo Bolsa Universidade, tiveram os nomes publicados inclusive no próprio site do programa e que agora correm o risco de não conseguirem estudar.  “Nos pediram para assinar um termo de suspensão lá no programa, mas não assinamos , não.  Queremos uma solução para o caso”, disse Mário Aguiar. Ainda de acordo com os candidatos, a situação também estaria acontecendo com pessoas aprovadas para o curso de medicina veterinária.

A Assessoria de Comunicação da Fundação Municipal de Inclusão Socioeducacional (FMDS) esclarece que o documento que eles precisam assinar é de suspensão  temporária, mas que não os tira do Programa.  Os candidatos vão ser remanejados para matrícula no segundo semestre na mesma instituição ou remanejados para outra faculdade.

Ainda segundo a FMDS, nenhum candidato que chega à Fundação deixa de ser atendido e orientado sobre o procedimento que deve seguir.  O Programa Bolsa Universidade está contemplando em 2012, 17.473 candidatos.

Busca por informações
De acordo com informações da Assessoria de Comunicação da Fundação Municipal de Inclusão Socioeducacional (FMDS) responsável pelo Programa Bolsa Universidade, os candidatos que tiverem informação de que não foi fechada turma para o curso no qual foram aprovados devem procurar a sede do programa de segunda a sexta, das 8h às 17h, para conversarem com as assistentes sociais do programa. A sede fica na rua Fortaleza,443-B- Adrianópolis, Zona Centro-Sul de Manaus. 

A situação relatada pelos candidatos à reportagem do acritica.com também foi repassada à Assessoria de Comunicação da Esbam que vai verificar o que aconteceu junto à Secretaria Acadêmica e à Direção da faculdade para verificar o que houve.