Publicidade
Manaus
Manaus

Carnaval de rua marca a história do bairro de Educandos, na Zona Sul de Manaus

Bairro é famoso pela folia que há 31 anos toma conta da rua Inocêncio de Araújo. É lá que os educandenses se  divertem ao lado de moradores de outras zonas, atraídos pela animação onde não faltam nem rei nem rainha 30/01/2012 às 09:19
Show 1
Imagem da festa no Educandos, que também é comemorada pelos pequenos foliões. Há espaço para todos
CAROLINA SILVA Manaus

“A comunidade educandense sempre foi um povo muito alegre e festivo”, conta o autêntico folião, o radialista Erasmo Amazonas, um dos idealizadores do carnaval de rua do bairro de Educandos, na Zona Sul de Manaus.

Sendo uma das festas mais tradicionais da cidade, em 2012 o carnaval de um dos bairros mais antigos de Manaus chega a sua 31ª edição. Isso é motivo de muito orgulho para a comunidade e, principalmente, para quem acompanha desde o início a trajetória da folia educandense. “Não imaginava que o sucesso seria tão grandioso”, relata Erasmo. Com centenas de fotografias, algumas em preto em branco, e alguns vídeos, o radialista lembra do primeiro Carnaval de Educandos como se fosse hoje.

A festa surgiu com a ideia de levar para dentro da comunidade a folia de uma das maiores festividades do Brasil. E a ideia foi tão bem aceita que, logo no início, na década de 80, reuniu por volta de 20 mil foliões, entre moradores de Educandos e de bairros adjacentes. Mais de três décadas depois da primeira edição, a festa já chegou a reunir 120 mil pessoas. “Hoje, o evento já rompeu os limites da comunidade porque muitos sabem que, em termos de animação, Educandos é imbatível”, afirma Erasmo.

O tempo foi passando e a festa também evoluiu. De acordo com Erasmo Amazonas, um dos principais avanços do evento foi na parte organizacional e estrutural. Nos primeiros anos, era num palco pequeno de madeira e coberto por lona que as bandas musicais contagiavam os foliões com o frevo e as marchinhas que, segundo o organizador, são “lei”. “Não deixamos tocar outros ritmos que não sejam os dignos de um bom Carnaval de rua”, conta Amazonas.

O público cresceu e a estrutura física do evento também.  Realizada sempre na rua Inocêncio de Araújo, com vista para o Rio Negro, Erasmo afirma: “Hoje, o Carnaval de Educandos tem uma estrutura digna do folião educandense”. Com camarotes confortáveis e posicionados em pontos estratégicos, um palco maior e decorado pelos artesãos do bairro, barracas padronizadas, muita iluminação e policiamento, a organização do evento garante um festa aplausível.

A festa  é digna até mesmo de realeza. O ponto alto do Carnaval de Educandos fica por conta do concurso da Rainha da festa.

Blocos fazem a alegria de foliões

O Carnaval de Educandos também é marcado pelos blocos de rua que reúnem folia e imaginação da comunidade. Ao todo são cinco blocos que garantem mais animação para o público que vai prestigiar.

Bloco do Defunto, dos Assombrados, dos Vagabundos, da Rã e das Virgens. Todos com os mais variados temas criativos. Para garantir surpresa, Erasmo Amazonas adianta um deles: “Vou assombrar o seu marido pra ficar com a sua mulher”, esse será o tema do Bloco dos Assombrados deste ano. E pra completar, a banda Bhaixa da Égua sempre realizada no domingo de Carnaval.

Muito tradicional, o Carnaval de Educandos também já foi prestigiado por grandes nomes da política amazonense como Gilberto Mestrinho e Artur Neto. Também já recebeu prêmio, em sua 10ª edição, por ser o carnaval mais animado da cidade. “Esse foi um dos momentos mais marcantes da história de nosso carnaval”, conta Erasmo Amazonas.

Não só com a alegria da comunidade, este ano o Carnaval de Educandos também irá contribuir com o meio ambiente, explica Erasmo Amazonas. “Iremos distribuir sacolas recicláveis para o lixo”.