Publicidade
Manaus
Manaus

Carta ao prefeito: reivindicações indígenas

Documento lista uma série de iniciativas que indígenas querem ver assumidas pelo prefeito de Manaus, Artur Neto 03/01/2013 às 09:11
Show 1
João Paulo Barreto afirma que objetivo do documento é demonstrar o desejo de participação dos indígenas nas políticas da Prefeitura de Manaus
Elaíze Farias Manaus

Retorno da feira de artesanato indígena, contratação de pajé e parteiras para atuar nas comunidades como agentes de saúde e plano de carreira para professores indígenas. São essas algumas das propostas apresentadas na Carta dos Poterikarã, elaborada por dez associações e representantes de comunidades indígenas que vivem nas zonas urbana e rural de Manaus.

A carta foi entregue na terça-feira, durante a posse do prefeito Artur Neto (PSDB) e de vice, Hissa Abrahão (PPS). João Paulo Barreto, indígena da etnia tukano, disse que primeiro o grupo tentou fazer a entrega do documento pouco antes de Artur Neto entrar no Teatro Amazonas, onde ocorreu a posse, mas não teve êxito. O grupo seguiu então para a sede da prefeitura, na Compensa, onde ocorreu a transmissão de cargo. Foi ali que os indígenas aproveitaram uma brecha e fizeram a entrega do documento ao vice-prefeito Hissa Abrahão.

A carta apresenta sugestões nas áreas de saúde, educação, geração de renda, moradia, direitos humanos, cultura, esporte e administração. Ela resume as propostas de ação para a Prefeitura de Manaus viabilizar junto aos grupos indígenas que vivem em Manaus.

(A íntegra deste conteúdo está disponível para assinantes digitais ou na versão impressa)