Publicidade
Manaus
SEQUESTRO

Casal de desaparecidos em Manaus é dado como morto em terreno de R. Preto da Eva

Três pessoas foram presas suspeitas de sequestrar e matar as vítimas, de 55 e 63 anos. Polícia Civil iniciou buscas para localizar corpos 03/12/2017 às 16:31 - Atualizado em 03/12/2017 às 23:03
Show 19ebf988 ec06 41b3 acae e48d02c224fd
Foto: Reprodução
Joana Queiroz Manaus (AM)

O casal de desaparecidos Edineia Cardoso Ferreira, de 55 anos, e José Carlos Nunes Guimarães, de 63, foi dado como morto na tarde deste domingo (3) em um terreno no município de Rio Preto da Eva, a 57 quilômetros de Manaus. Eles estavam desaparecidos há quatro dias, desde que foram sequestrados na última quarta (29), em Manaus.

A informação foi confirmada pelo delegado Cícero Túlio, do 23º Distrito Integrado de Polícia (DIP), que investiga o desaparecimento. Segundo a autoridade policial, três pessoas foram presas, hoje, no município de Itacoatiara, a 176 quilômetros da capital, como suspeitas de sequestrar e matar o casal.

Os três infratores foram obrigados a conduzir as equipes da Polícia Civil até o local onde os corpos das vítimas estavam. Até o momento, a motivação do crime não foi confirmada.

De acordo com informações da própria Polícia Civil, o casal desapareceu por volta das 5h da última quarta-feira (29) depois de ter saído de casa na rua da Palestina, bairro União, Zona Centro-Sul, e não retornado para casa. O caso de desaparecimento é investigado no 23º DIP.