Publicidade
Manaus
CONDOMÍNIOS

CAU deve visitar 80 residenciais para orientar sobre serviços técnicos e de manutenção

Objetivo é evitar que obras sejam realizadas sem o acompanhamento de um profissional e assegurar a segurança 16/08/2017 às 22:15
Show capturar2
Vários residenciais receberam o guia do CAU-AM, entre eles o condomínio Altos da Recife, na Zona Centro-Sul da cidade (Foto: Antônio Lima)
Kelly Melo Manaus (AM)

Analistas de fiscalização do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Amazonas (CAU-AM) vão realizar blitze educativas em 80 condomínios residenciais da capital para orientar sobre as atividades técnicas, serviços e a conservação das edificações pré-estabelecidas nos projetos arquitetônicos. Segundo o CAU, a medida é para evitar que obras sejam realizadas sem o acompanhamento de um profissional e assegurar, assim, a segurança dos moradores. 

O arquiteto e urbanista André Ribas, analista de fiscalização do CAU, explicou que desde o ano passado o conselho tem se preocupado com o assunto e elaborou um manual com orientações  afim de conscientizar tanto síndicos quanto moradores sobre o problema. “O guia serve como um manual de segurança na hora de fazer uma obra. É muito importante que na hora de se realizar qualquer obra, haja o acompanhamento de um técnico para evitar acidentes”, afirmou André Ribas.

Distribuição

O guia já foi disponibilizado para 80 condomínios residenciais, mas o CAU pretende estender o manual para todos os 900 condomínios existentes na capital.   “A distribuição feita pelo CAU representa em média 10 % do total de condomínios na capital. Continuamos as nossas orientações aos síndicos e moradores para este segundo semestre, ou seja, averiguando as responsabilidades técnicas’’, explicou o analista. 

A partir de hoje, além de entregar os guias, o CAU também vai realizar fiscalizações educativas nesses locais para verificar se as recomendações de acompanhamento técnico estão sendo seguidas. 

Verificação

Durante a fiscalização, os agentes de fiscalização vão verificar a documentação da obra, para saber se ela foi licenciada, o Registro de Responsabilidade Técnica (RRT) do profissional habilitado quando seu nome (pessoa física e/ou pessoa jurídica) estiver na placa afixada no local (para obras/reformas) e demais serviços técnicos como instalações elétricas, hidrossanitárias e gás; estrutural; condicionamento e isolamento acústico; climatização; comunicação visual; proteção e segurança (PPCI); fundação, ampliações dentre outros. 
infrações

Caso a documentação não seja identificada, o profissional pode ser notificado e terá um prazo de dez dias para que a situação seja regularizada, mediante o recolhimento de RRTs de Projeto e de Execução, além da solicitação de cancelamento da notificação pela regularização; Também pode ser gerado um auto de infração quando, após o término do prazo da notificação sem a devida regularização, cabendo ser cobrada multa pela infração.

 Após receber o guia, condomínios receberão as blitze

Dentre os condomínios que já receberam o guia e que serão fiscalizados estão: Altos da Recife, Quinta das Laranjeiras, Tapajós, Renascience, Portugal, Alpha Garden, Villa Suíça, Laranjeiras Premium, Forest Hill, Passaredo, Belvedere, Ideal Torquato, Alpha Ville, Vila Verde I, Jardim das Américas, Ponta Negra I e II, Parque das Samambaias, e outros.