Publicidade
Manaus
Manaus

Centro de Manaus é alvo de operação da Força-Tarefa para coibir roubos e furtos

Baseados em estatísticas e denúncias para o Disque 181 e 190 que apontam que nos últimos dias houve um aumento de ocorrências no Centro, principalmente nas paradas de ônibus. O resultado foi a prisão de 12 suspeitos 26/03/2012 às 21:00
Show 1
Polícia 1º Cicom de Manaus
acritica.com Manaus

O Centro de Manaus (AM) foi nesta segunda-feira (26) alvo de uma ação especial da polícia. Tratou-se de uma operação da Força-Tarefa da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP) que visou prender suspeitos de roubar e furtar pedestres.

Baseados em estatísticas e denúncias para o Disque 181 e 190 que apontam que nos últimos dias houve um aumento dessas ocorrências, principalmente nas paradas de ônibus do Centro da cidade, é que a Força-Terefa se concentrou, e o resultado foi a prisão de 12 suspeitos.

Segundo o secretário de Segurança Pública, coronel PM Paulo Roberto Vital, a ação foi determinada para coibir a presença de marginais que ficam assaltando os transeuntes na maior área comercial da capital, sobretudo os estudantes, que são os alvos preferidos dos ladrões. Aparelho celular e bolsa são os objetos mais roubados.

Depois de investigação, os policiais chegaram a 12 suspeitos que foram detidos e levados para o 1º Distrito Integrado de Polícia (1º DIP) para prestar esclarecimentos. A Polícia Civil vai investigar a participação dos suspeitos nos crimes de roubo e furto, uma vez que foram reconhecidos por vítimas.

Segundo levantamento da Força-Tarefa, os roubos e furtos costumam ocorrer nas paradas de ônibus e em ruas desertas e mal iluminadas do Centro, principalmente no horário de entrada e saída dos alunos das escolas e dos trabalhadores das lojas. Vital disse que a operação de hoje vai se repetir sempre se o índice de ocorrências voltar a crescer. “Os descuidistas que ficam perambulando pelo Centro estão sendo monitorados e a qualquer momento vão ser abordados pela polícia. O cidadão vai voltar a caminhar com tranqüilidade pelas ruas”, disse o secretário.

O coronel aproveitou para recomendar que a população colabore com a segurança adotando alguns cuidados quando estiver caminhando em locais de grande aglomeração de pessoas, que é onde gostam de agir os marginais.