Publicidade
Manaus
Manaus

Cerca de 43% dos fumantes abandona o tratamento nos ambulatórios de Manaus

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) pretende implantar, até o final deste ano, cerca de 15 novos Ambulatórios para Tratamento de Fumantes em Manaus 22/01/2016 às 08:09
Show 1
O índice de abandono do tratamento nos ambulatórios da Semsa, entre os meses de janeiro e setembro de 2015, foi de 43%: de 512 pessoas que o iniciaram, apenas 291 chegaram à quarta sessão
Silane Souza ---

“Há dois hábitos que fazem com que eu não pare de fumar definitivamente. O primeiro é a necessidade da nicotina e o segundo é o costume de ter o cigarro na mão e levá-lo a boca”. A frase do comerciante Antônio Afonso Cunha Barra, 53, fumante desde os 18 anos, representa bem as dificuldades dos fumantes em largar o tabagismo. Ele conta que já fez tratamento, usou adesivo de nicotina, ficou sem fumar por até oito meses, mas sempre voltou ao vício. A culpa, alega, é do estresse, da ansiedade e até da facilidade de comprar o cigarro. Mas ele garante que, um dia, vai abandonar o cigarro de uma vez. “Fazer tratamento te ajuda muito, sem dúvida. Mas, o que realmente faz você parar de fumar é a sua vontade”, avaliou.

Se falta força de vontade, sobram alertas: um estudo da Aliança Controle de Tabagismo, instituição do Rio de Janeiro, revelou que 34% das 2.442.038 doenças analisadas no Brasil, em 2011, eram atribuíveis ao tabagismo, que consome, todos os anos, mais de R$ 21 bilhões no sistema de saúde com o tratamento das inúmeras doenças relacionadas ao cigarro, como AVC, pneumonia e câncer.

Para a coordenadora municipal do Programa de Tratamento e Controle do Tabagismo, Esterfânia Freitas, essa vontade é fundamental para que o fumante que procura o tratamento consiga chegar até o final dele e, enfim, largar o vício. “Fumar é um vício e o cigarro causa dependência, por isso, muitas pessoas não conseguem parar de fumar sozinhas”, ressaltou.

Esterfânia revelou que, das 512 pessoas atendidas  nos Ambulatórios de Tratamento do Tabagismo, da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) entre os meses de janeiro e setembro de 2015, 291 participaram da quarta sessão, ou seja, um índice de abandono do tratamento de 43%, considerado alto. Além disso, apenas 203 pacientes não fumaram nesse período. Porém, ela garante que 70% das pessoas que fazem o tratamento até o final deixam de fumar no mês seguinte.

Além do abandono, outro problema é o interesse no medicamento ofertado pelo Ministério da Saúde aos pacientes. De acordo com Esterfânia, muitas pessoas iniciam o tratamento só para receber o medicamento e não participam das reuniões, nem fazem acompanhamento. O problema, conforme ela, é que a medicação não faz o paciente parar de fumar “milagrosamente”, ela apenas ajuda no tratamento.

Tratamento

Nos ambulatórios da Semsa, o tratamento para quem quer parar de fumar tem a duração de três meses, conforme a coordenadora. No primeiro mês é feita uma avaliação clínica e o paciente precisa participar de quatro sessões (rodas de conversa com o grupo de fumantes), que são realizadas uma vez por semana.

No segundo mês, o encontro é quinzenal e, a partir do terceiro, as reuniões acontecem uma vez por mês, por até um ano, dependendo da avaliação médica de cada paciente.

Esterfânia explica ainda que, caso a pessoa inicie o tratamento mas não participe das sessões, mas depois se arrependa e queira voltar a frequentar a reuniões, não há problemas nem punições. “Ela só terá que esperar por três meses para começar um novo tratamento, quando for formada uma nova turma”, explicou.

Semsa pretende inaugurar 15 novos ambulatórios em 2016

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) pretende implantar, até o final deste ano, 15 novos Ambulatórios para Tratamento de Fumantes em Manaus. A informação é do secretário municipal de Saúde, Homero de Miranda Leão.

Ele destacou que, em 2012, a Semsa tinha sete ambulatórios espalhados pelos Distritos de Saúde Norte, Sul, Leste, Oeste e Rural. Em 2013, passou a ter 12 unidades de atendimento, em 2014 uma unidade fechou e restaram 11 e, em 2015, conseguiu ampliar essa rede para 21.

Os Ambulatórios para Tratamento de Fumantes funcionam em 15 Unidades de Saúde, localizadas nas áreas de abrangência dos cinco Distritos de Saúde da cidade. Cada ambulatório oferece atendimento para as pessoas que querem abandonar o uso de cigarro, com acompanhamento multiprofissional de médico, psicólogo, enfermeiro, odontólogo, nutricionista, fisioterapeuta e assistente social.

De acordo com a coordenadora municipal do Programa de Tratamento e Controle do Tabagismo, Esterfânia Freitas, a equipe dessas unidades é capacitada para fazer a abordagem e o tratamento ao fumante que deseja parar de fumar. Conforme ela, os interessados no serviço podem ligar gratuitamente para o 0800.280.8280, para receber a instruções sobre os atendimentos e os ambulatórios.

Endereços e telefones dos Ambulatórios de Tratamento de Fumantes em Manaus:

Zona Norte

UBS Armando Mendes Carlo
Rua 5, s/n, Conj. Manoa - Cidade Nova I
Tel: 3581-2273

UBS Frei Valério Di
Rua Bom Jesus, s/n - Novo Israel
Tel: 3581-3498

Policlínica José Antônio da Silva
Rua das Aroeiras, nº 55 - Monte das Oliveiras Etelvina
Tel: 3653-1233/3653-1073

UBS Sálvio Belota
Rua das Samambaias, nº 786 – Santa
Tel: 3214-7723

Sul

Policlínica Antônio Reis Branco
Rua São Luiz, s/n - São Lázaro
Tel: 3214-3604

Policlínica Castelo
Rua do Comércio, s/n - Parque Dez
Tel: 3236-8572

UBS Nilton Lins
Av. Profº Nilton Lins, Lote 3 – Parq. das Laranjeiras
Tel: 3214-3039

Leste

Policlínica Comte Telles Amazonas Palhano
Rua J, Etapa B - São José III
Tel: 3248-1885

UBS Dr. José
Rua Antonio Matias, s/n, São José 2
Tel: 3249-7424 / 3644-9879

Policlínica Enfª Ivone Lima
Rua 08, Laura Vicunã - Bairro Coroado III
Tel: 3644-5968

Oeste

Policlínica Raimundo Franco De Sá
Rua V, nº150 - Nova Esperança I
Tel: 3238-6532 / 3239-2021

Policlínica Djalma Batista
Rua 23 de Dezembro, s/n - Compensa II
Tel: 3673-5297

UBS Deodato De Miranda Leão
Rua Presidente Dutra, s/n – Glória
Tel: 3671-4722

Rural
Posto De Saúde Rural São Pedro
Km 35, Rodovia AM-010

PSR Pau Rosa
Km 21, BR 174 - Ramal do Pau Rosa