Publicidade
Manaus
Manaus

‘Chefões’ do tráfico do AM são transferidos para cadeias em Porto Velho e Campo Grande

Os detentos do Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj) seriam ‘chefões’ que comandavam grupos de traficantes e de extermínio na cidade de Manaus 10/12/2012 às 12:42
Show 1
Os presos foram tranferidos em um avião da MAP linhas aéreas do Aeroporto Eduardinho
A Crítica.com Manaus

Oito presos foram transferidos na manhã desta segunda-feira (10) de Manaus, para presídios localizados na cidade de Porto Velho, em Rondônia, e Campo Grande, no Mato Grosso do Sul.

De acordo com informações da Polícia Militar que faz a escolta, os detentos do Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj), da Unidade Prisoional do Puraquequara (UPP) e Instituto Penal Antônio Trindade (IPAT) seriam ‘chefões’ que comandavam grupos de traficantes e de extermínio na cidade de Manaus, responsáveis por diversos crimes.

Os presos foram levados para o Terminal de Passageiros II, o ‘Eduardinho’ e seguiram em um avião da MAP linhas aéreas. Entre os presos enviados ao Presídio federal de Campo Grande estão Luiz de Araújo Gomes, Manoel Freitas Barros, Frank Oliveira da Silva, Janderson Rodrigues da Fonseca e Gelson Lima Carnaúba. Lucirle da Silva Conceição, Jane Silva dos Santos e Jean da Silva Santos foram levados para o presídio de Rondônia.

Além do envolvimento com o tráfico de drogas e homicídios, alguns possuem envolvimento com organizações criminosas do país como Primeiro Comando da Capital (PCC) e Comando Vermelho (CV).


* Com informações da repórter Fabíola Gadelha da Rádio Nova A Crítica FM e Joana Queiroz do Jornal A Crítica