Publicidade
Manaus
Manaus

Circulação de veículos pesados será restrita a apenas 14 ruas do Centro de Manaus

Avenidas como a Djalma Batista e Constantino Nery, os dois principais corredores de acesso à área central, ficaram de fora do que foi denominado como Zona Máxima de Restrição de Circulação (ZMRC) 11/01/2013 às 17:51
Show 1
A avenida conhecida como Manaus Moderna está inserida no cedreto
Ana Carolina Barbosa Manaus

O prefeito de Manaus, Artur Virgílio Neto (PSDB), restringiu, via Decreto 2.100/2013, a circulação de veículos de médio e grande porte a 14 ruas do Centro da cidade. A medida atingiu somente aquela região e não as principais vias da capital, como havia adiantado ontem o chefe do executivo municipal à imprensa. A área foi denominada  Zona Máxima de Restrição de Circulação (ZMRC). O tráfego deste tipo de transporte continua liberado em outras zonas da capital.

Isso significa dizer que em avenidas como a Constantino Nery e a Djalma Batista, principais corredores de acesso à área central, carretas, caminhões, entre outros, continuam com o tráfego liberado, assim como em outras áreas da cidade. O decreto foi publicado na edição desta sexta-feira (11/01), do Diário Oficial do Município (DOM) e entra em vigor em 60 dias.

A ZMRC foi dividida em duas áreas. A 1ª composta pelas seguintes vias: avenida Leonardo Malcher, ruas Luiz Antony, Governador Vitório, Tamandaré,  Marquês de Santa Cruz, avenidas Floriano Peixoto, Sete de Setembro e Joaquim Nabuco.

A 2ª pelas ruas Marquês de Santa Cruz, Quintino Bocaiúva, rua dos Andradas, avenidas Lourenço da Silva Braga (trecho da Manaus Moderna), Joaquim Nabuco (trecho entre Rua dos Andradas e Rua Quintino Bocaiúva) e Floriano Peixoto.

No artigo 3º, o decreto determina que “fica o órgão executivo municipal de trânsito (Manaustrans) autorizado a editar os atos normativos necessários ao fiel cumprimento deste Decreto, em especial aqueles relativos ao estabelecimento de limites de peso e altura, assim como os dias e horários de operacionalização da Zona Máxima de Restrição de Circulação – ZMRC”.

Regulamentação

Segundo o diretor-presidente do Instituto Municipal de Trânsito (Manaustrans), Pedro Carvalho, com a regulamentação do decreto, que será publicada na próxima semana, no DOM, serão estabelecidos os detalhes, como horário de carga e descarga no Centro, o peso máximo dos veículos que podem transitar naquela área, entre outros.

Ele explica que as mudanças serão feitas por etapas e promete que cada área da cidade terá um decreto específico para que seja restringida a horários específicos a circulação de veículos de grande porte. Ao final, será elaborado um projeto, que incluirá, ainda, o anel viário que deve ser construído pelo governo do Estado, que ligará o Distrito Industrial à avenida Torquato Tapajós.

“Tinha um decreto da gestão anterior e nós fizemos um novo decreto. O anterior proibia o tráfego de carretas, mas não se trata de uma proibição, e sim de um disciplinamento. Houve reunião, ontem (10/01), com representantes da CDL (Clube de Dirigentes Lojistas), ACA (Associação Comercial do Amazonas) e membros das transportadoras e foram discutidos os problemas que eles teriam de imediato (com o decreto). Por isso, foi dado um prazo (para eles se adequarem)”, explicou Carvalho.