Publicidade
Manaus
Manaus

CMM presta homenagem a presidente do Sistema A Crítica de Rádio e Televisão

A homenagem foi proposta pelos vereadores Fabrício Lima (PRTB) e Isaac Tayah (PSD), e  reuniu no mesmo espaço, além  do governador Omar Aziz  (PSD), quatro candidatos à Prefeitura de Manaus 19/06/2012 às 17:59
Show 1
Emocionado ao falar da mãe, a vice presidente da Rede Calde raro de Comunicação Tereza Cristina Calderaro Corrêa, Dis sica agradeceu a Deus pela fa mília, e ressaltou que grande foi o avô dele, Umberto Calderaro Filho, fundador do Jornal A CRÍ TICA
Lúcio Pinheiro Manaus

O presidente do Sistema A CRÍTICA de Rádio e Televisão, Dissica Tomaz Calderaro, recebeu, na manhã de hoje,  da Câmara Municipal de  Manaus (CMM), a “Medalha de  Ouro Joaquina Marinho”, outorga concedida a personalidades  da área do jornalismo.
  
A homenagem foi proposta pelos vereadores Fabrício Lima (PRTB) e Isaac Tayah (PSD), e  reuniu no mesmo espaço, além  do governador Omar Aziz  (PSD), quatro candidatos à Prefeitura de Manaus: o ex-senador Artur Neto (PSDB), o ex-prefeito Serafim Corrêa (PSB), a deputada federal Rebecca Garcia  (PP) e o vereador Hissa Abrahão  (PPS).
 
Desde 2008 a frente do sistema  A CRÍTICA de Rádio e Televisão,  Dissica fez questão de dividir a  homenagem com os colabora dores do sistema e dedicá-la à  avó Ritta de Araújo Calderaro, diretora-presidente da Rede  Calderaro de Comunicação. 


“Acredito até que essa homenagem seja merecida, mas não por  mim, porque não faço sozinho.  Essa medalha é de cada um de  vocês”, afirmou Dissica.
  
Emocionado ao falar da mãe, a  vice presidente da Rede Calderaro de Comunicação Tereza Cristina Calderaro Corrêa, Dissica agradeceu a Deus pela família, e ressaltou que grande foi o avô dele, Umberto Calderaro  Filho, fundador do Jornal A CRÍTICA.

O vereador Fabrício Lima declarou que Dissica Calderaro representa o sucesso de uma geração. “É uma homenagem justa a um jovem amazonense que faz toda a diferença. Saiu daqui  para estudar nos Estados Unidos, se preparou e, apesar da  pouca idade, faz isso com brilhantismo. A TV A CRÍTICA é  uma das primeiras a transmitir  o sinal digital e em 3D. É uma honra que um sistema de 40  anos possam continuar pautando o nosso trabalho aqui dentro, contribuindo com críticas cons trutiva”, afirmou Fabrício.
 
 O vereador e presidente da  CMM, Isaac Tayah, ressaltou  que a homenagem a Dissica  Calderaro foi tardia, mas merecida. “Esse é um reconhecimento a um homem que sabe trabalhar. Sei que, do alto, o senhor  Humberto Calderaro aplaude o seu trabalho, Dissica. Parabéns”, afirmou Tayah.