Publicidade
Manaus
Manaus

Coleta de lixo domiciliar é feita em caçamba descoberta em Manaus

Ao invés de viaturas compactas, onde o lixo é jogado pela parte traseira, o lixo é lançado em carretas a céu aberto 03/02/2012 às 15:19
Show 1
No bairro Nova Cidade, caçamba estaria sendo utilizada para coletar o lixo doméstico de moradores do lugar
acritica.com Manaus

A coleta de lixo domiciliar feita pela empresa Tumpex em alguns bairros de Manaus vem sendo feita em caçambas descobertas. Nesta sexta-feira (03), uma dessas caçambas foi registrada por um morador do bairro Nova Cidade, Zona Norte de Manaus.

Segundo o pedagogo Júlio Lima, a coleta de lixo em caçamba descoberta (no lugar de uma viatura compacta que recolhe o material na parte traseira) começou a ser freqüente desde janeiro. Ele alertou para o risco sanitário que pode ser causado pela exposição do lixo.

“Já faz mais ou menos duas semanas que o lixo é amontoado nessas caçambas e não no caminhão fechado. Algumas vezes a caçamba está tão lotada que o lixo acaba caindo, ficando no meu caminho porque não colocam nenhuma lona em cima”, disse.

Segundo Lima, alguns funcionários da Tumpex conversaram com ele e disseram que a informação que passam na empresa é que alguns veículos de lixo estão sem manutenção e com problemas mecânicos. Para cobrir a falta dos caminhões que armazenam o lixo adequadamente, a alternativa é substitui-los por caçamba.

O funcionário, segundo Lima, disse que a coleta em caçamba exige muito esforço físico dos trabalhadores, porque é preciso “jogar” o material. “Eu já vi lixo ficando no meio do caminho. Muitos acabam sendo rasgados pelos animais e ficam espalhados pela rua. Se o carro faz uma manobra mais brusca, parte dos sacos de lixo também cai”, disse o pedagogo.

O portal acrítica.com entrou em contato na manhã desta sexta-feira com a assessoria de comunicação da Secretaria Municipal de Limpeza Pública (Semulsp) para saber se o órgão considera correto este tipo de transporte e se a Tumpex tem autorização para coletar lixo em veículos a céu aberto. Quando a resposta da assessoria for enviada ela será publicada nesta matéria.

A empresa Tumpex também foi procurada, mas o gerente de operações, Carlos Salles, não estava no local, segundo informações repassadas por funcionários.

Em Manaus, o lixo domilicar é feito por duas empresas, Tumpex e Enterpa.