Publicidade
Manaus
Manaus

Concorrência entre o Polo de duas Rodas do PIM e empresas chinesas será debatida na ALE-AM

A problemática será debatida em forma de Audiência Pública pelos parlamentares da Assembleia Legislativa do Estado (ALE-AM), no dia 2 de abril  02/03/2012 às 13:30
Show 1
Concorrência com empresas estrangeiras é criticada no Estado
Acrítica.com Manaus

As problemáticas enfrentadas pelas empresas fabricantes de motocicletas, do Pólo Industrial de Manaus (PIM), provocadas pela importação de ciclomotores da Ásia, especialmente da China, serão discutidas em audiência pública, solicitada pelo deputado estadual Luiz Castro (PPS).

A reunião acontecerá no dia 2 de abril e deve contar com a presença de representantes da Suframa, das três principais fabricantes de ciclomotor do PIM (Kasinski, Dafra e Traxx), da Secretaria de Estado de Planejamento (Seplan); da Associação das Indústrias e Empresas de Serviços do PIM (Aficam); do Centro das Indústrias do Estado (Cieam), da Federação das Indústrias do Estado (Fieam); do Ministério do Desenvolvimento de Indústria e Comércio (MIDIC) e da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz).

O petista cobra do Governo do Estado, medidas para fortalecer e garantir a permanência do Pólo de duas Rodas em Manaus.

“O governo precisa exercer a sua política industrial, atentando para as ameaças advindas da importação direta de motocicletas e motonetas da China”, alertou Castro. Ele cita também como ameaça, a instalação de uma fábrica chinesa em Pernambuco, que devido à sua vantagem logística, vem produzindo motocicletas a um preço mais baixo.