Publicidade
Manaus
Sabino, drogas, política, polícia, eleições 2012, entrevista, Rádio, Nova A Crítica

Confiante, Sabino fala sobre drogas, trânsito e segurança pública em entrevista

O candidato à Prefeitura de Manaus, Sabino Castelo Branco (PTB) , concedeu entrevista à Nova Acrítica FM via telefone celular por não ter conseguido chegar ao estúdio da emissora por conta de  engarrafamento. Ele prometeu que se for eleito resolverá os problemas rotineiros da cidade 24/09/2012 às 10:31
Show 1
O prefeiturável concedeu entrevista via telefone celular por não ter conseguido chegar ao estúdio da emissora devido a um engarrafamento no entorno do bairro da Ponta Negra, zona Oeste de Manaus
JOELMA MUNIZ Manaus

Confiante que conseguirá levar as eleições municipais para o segundo turno, o candidato Sabino Castelo Branco (PTB) disse, na manhã desta segunda-feira (24), durante entrevista ao programa A Crítica Notícias da rádio Nova A Crítica FM que nenhum de seus concorrentes está habilitado para administrar a cidade. Segundo ele, entre os principais candidatos um já possui “idade avançada” e outra “só está na briga por disputa de poder”.

Durante a entrevista o candidato falou sobre os boatos que ele seria usuário de drogas e sobre segurança pública, entre outros assuntos.

O prefeiturável – que concedeu entrevista via telefone celular por não ter conseguido chegar ao estúdio da emissora devido a um engarrafamento no entorno do bairro da Ponta Negra, zona Oeste de Manaus –, prometeu que se for eleito resolverá os problemas rotineiros da cidade.

“Resolverei o problema do trânsito de Manaus, as pessoas não passarão mais pelo que estou passando agora. As ruas serão iluminadas, as escolas municipais revitalizadas e a guarda municipal equipada”, falou.

Guarda Municipal

Sabino disse que se eleito vai disponibilizar armamento – armas letais e spray de pimenta –, para membros da Guarda Municipal. “Vou dobrar o número de guardas, darei a eles equipamentos e armamento para que estejam na frente das escolas, parques, terminais de ônibus e posto médicos”.

Drogas

Questionado sobre boatos que lhe conferem o título de usuário de drogas, o candidato que é deputado federal frisou que mantém uma vida regrada e que além de não ser “da noite”, jamais usou e nem teve interesse de experimentar entorpecentes.

“Sou atleta, nunca fumei, fui policial civil, trabalho combatendo o uso das drogas. Um homem que mantém as ações que tenho na televisão não pode ter nenhum tipo de ligação com isso”, ressaltou.

“Isso deve ser perguntado para outro candidato que em 2002 foi acusado de ser um viciado”, completou Sabino.

O petebista assegurou que para resolver os problemas relacionados ao uso de drogas em Manaus, pretende construir um grande centro de recuperação para usuários.

“Todas as empresas que mantém contrato com a Prefeitura de Manaus terão que destinar uma parcela de suas vagas para jovens recuperados no centro a ser construído”, destacando que a área que mais precisa de atenção é a zona Leste.

“A zona Leste é uma verdadeira zona de recrutamento para o tráfico”.

Prestígio

Em uma análise de seu prestígio no cenário político estadual e nacional, Sabino disse que observa certa rejeição das classes alta e média da sociedade. “Mas a antipatia logo muda quando as pessoas passam a me conhecer melhor”.

As entrevistas seguem a seguinte ordem:

1-Luiz Navarro (PCB) 21/09/12

2- Sabino Castelo Branco (PTB) 24/09/12

3- Jerônimo Maranhão (PMN) 25/09/12

4- Vanessa Grazziotin (PCdoB) 26/09/12

5- Artur Neto (PSDB) 27/09/12

6- Serafim Correa (PSB) 28/09/12

7-Henrique Oliveira (PR) 01/10/12

8- Herbert Amazonas (PSTU) 02/10/12

9- Pauderney Avelino (DEM) 03/10/12