Publicidade
Manaus
Manaus

Defesa Civil registra 31 ocorrências de vários bairros após forte chuva em Manaus

Entre as ocorrências, o tenente destacou como umas das mais graves, o desabamento parcial de uma casa de madeira, localizada na rua 6, bairro Jorge Teixeira, Zona Leste de Manaus 11/11/2012 às 15:30
Show 1
Chuva causou alagação na comunidade Manaus 2000, na Zona Sul
Thiago Gonçalves Manaus (AM)

O tenente Celivaldo da Defesa Civil de Manaus informou que foram registradas trinta e uma ocorrências após forte chuva que ocorreu na madrugada e manhã deste domingo (11), na capital.

Entre as ocorrências, o tenente destacou como umas das mais graves, o desabamento parcial de uma casa de madeira, localizada na rua 6, bairro Jorge Teixeira, Zona Leste de Manaus. “Houve dano material, mas não requer intervenção maior. Prestamos a ajuda necessária”, disse.

Nos bairros Petrópolis, Zumbi e Mauzinho também houve registros de pequenas ocorrências envolvendo residências, sem vítimas, segundo tenente Celivaldo.

Outra ocorrência que chamou a atenção da Defesa Civil foi o desmoronamento de um barranco na rua 237, no Núcleo 24, bairro Cidade Nova, Zona Norte de Manaus. Baixa vegetação foi levada para o meio da rua pela enxurrada. Neste local, também ocorreu um problema na fiação elétrica em decorrência da chuva forte, segundo o órgão.

Uma cratera se formou na Avenida Djalma Batista, bairro Chapada, Zona Centro-Sul de Manaus, durante a chuva forte.

Localidades como as comunidades Manaus 2000 e Santa Marta, conjunto Ouro Verde, bairro Parque 10, apresentaram alagações.

Alvorada, Redenção, Petrópolis e Cidade nova foram alguns dos bairros que apresentaram deslizamentos de terra, segundo a Defesa Civil do Município.

Tempo

A previsão é de mais chuva para as próximas horas, conforme comunicado do Sistema de Proteção da Amazônia (Sipam) para a Defesa Civil Municipal. A chuva deve ser de forma moderada.

Órgãos

A reportagem do acritica.com tentou obter informações junto ao Sipam e Intituto Nacional de Meteorologia (Inmet – 1º Distrito/Manaus), na manhã deste domingo, mas não obteve sucesso.

No Inmet, as chamadas não foram atendidas. O meteorologista de plantão no Sipam solicitou que a reportagem entrasse em contato com a assessoria de imprensa. A assessoria não atendeu as chamadas.