Publicidade
Manaus
HABILITAÇÃO GRATUITA

Detran-AM inicia primeira etapa de seleção do projeto CNH Social

Segundo o órgão, número de inscrições chegou a 270 mil até o meio dia desta segunda-feira (16) 16/10/2017 às 16:45 - Atualizado em 16/10/2017 às 17:08
Show cnh
Foto: Reprodução
acritica.com Manaus (AM)

O Departamento Estadual de Trânsito do Amazonas (Detran-AM) suspendeu, nesta segunda-feira (16) as inscrições no projeto CNH Social. De acordo com o diretor presidente do órgão, Vinicius Diniz, a suspensão é temporária para que seja feita a primeira etapa de seleção do projeto.

“Nos próximos 90 dias o grupo de trabalho criado para operacionalizar o projeto vai realizar a pré-seleção dos primeiros dez mil candidatos que serão contemplados”, informou o dirigente.

O diretor-presidente do Detran-AM garantiu que todos os candidatos inscritos, que atenderem aos requisitos serão contemplados com a CNH Social. Segundo Vinicius Diniz, 270 mil pessoas se inscreveram no projeto até o meio dia desta segunda-feira. 

Após a divulgação do primeiro grupo de candidatos selecionados, será fixado um prazo de 15 dias, para que eles apresentem a documentação necessária para referendar as informações prestadas no ato da inscrição.

Vagas para Manaus e interior

O diretor-presidente do Detran-AM explicou que, nesta primeira etapa do programa, serão contemplados candidatos da capital e também do interior do Estado. Em relação à distribuição das vagas entre Manaus e os demais municípios do Estado, Vinícius Diniz esclareceu que  a proporcionalidade será definida tomando por base a densidade populacional, a frota de veículos e o número de condutores habilitados em cada cidade.

Ampliação

Os candidatos pré-selecionados que não comprovarem a autenticidade das informações prestadas na inscrição pela Internet ou não atenderem aos requisitos estabelecidos no projeto para receber o beneficio serão automaticamente excluídos e outros candidatos serão convocados. Sobre a oferta de novas vagas, o diretor-presidente do Detran-AM disse que a intenção é ampliar o projeto para 2018, à medida que o órgão firme novas parcerias.

*Com informações da assessoria