Publicidade
Manaus
MUDANÇA

Detran-AM sai de prédio condenado e vai para novo endereço até maio

Com estrutura comprometida há pelo menos cinco anos, o prédio do Detran-AM na avenida Mário Ypiranga será demolido e um novo espaço foi alugado na mesma via para servir como sede provisória 21/04/2018 às 07:53 - Atualizado em 21/04/2018 às 07:53
Show detran
Atual sede do Detran-AM foi construída no fim da década de 1970. Fotos: Antonio Lima
Nelson Brilhante Manaus (AM)

Nos próximos dias a sede do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-AM), que funciona na avenida Mário Ypiranga Monteiro, vai mudar para um prédio na mesma via, onde funcionava uma concessionária de veículos, na subida do viaduto Miguel Arraes, Zona Centro-Sul. A decisão em mudar vem cinco anos depois que a Defesa Civil e o Corpo de Bombeiros emitiram um laudo técnico condenando o prédio. Na época, o imóvel, que pertence ao Detran-AM, já corria o risco de desabar.

O diretor técnico do órgão, Rodrigo de Sá, disse que o prédio, além de poder vir abaixo a qualquer momento, também apresenta risco eminente de incêndio e outras consequências por ter sido construído há mais de 30 anos.

A parte administrativa vai toda para o novo prédio, ficando nos anexos do antigo apenas a área de exames de direção para motociclistas, de vistoria, parqueamento e também o Núcleo Especializado em Operações de Trânsito (Neot).

A ideia é aproveitar a área para a construção de um complexo, também absorvendo outros parceiros, como Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos (DRFV) e Batalhão de Trânsito (Batran), dentre outros.


Aluguel do espaço onde funcionava uma loja de carros será por pelo menos 12 meses, mas renováveis por mais 12

Os servidores já estão preparando a mudança, que deve ocorrer até o início de maio. O diferencial da nova casa é que todos os serviços essenciais ficarão em apenas um prédio e não mais em vários, como ocorre hoje. A mudança tende a agilizar o atendimento ao público, visto que o número de guichês será dobrado de 40 para 80, disponíveis para assuntos relacionados à Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e a documentação de veículos.

De acordo com o diretor técnico, o novo imóvel foi alugado por meio de licitação feita pela Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinfra) por períodos renováveis de 12 meses. O valor do aluguel não foi informado.

“Além do risco que apresenta, o prédio atual não consegue mais suportar as atividades. Muitos setores estão em condições inóspitas de trabalho. Por mais que nos esforcemos, não temos condições de oferecer um serviço de melhor qualidade à população”, confessou o diretor, que também anunciou o aumento do número de unidades descentralizadas, que hoje são seis, distribuídas em pontos distintos de Manaus.

No dia 18 de julho de 2016, um princípio de incêndio atingiu parte da fachada do prédio atual do órgão. De acordo com o Corpo de Bombeiros, o incêndio teria sido provocado por um curto circuito.

O Detran-AM tem hoje cerca de 300 funcionários, dos quais um terço são efetivos, e os demais, colaboradores, estagiários e aposentados. Existe um projeto de lei tramitando na Assembleia Legislativa (ALE-AM) com o objetivo de abrir concurso para a criação de cargos.

App e sede própria

Sá informou a criação de um projeto de auto-atendimento  pelo qual 70% dos serviços serão disponibilizados via Internet. Outra novidade é a construção de uma sede própria. “Estamos desenvolvendo o projeto com calma, cumprindo com todas as exigências que o processo exige”, disse.

Política de descentralização dos serviços

Ao longo dos anos o órgão de trânsito vem descentralizando seus serviços com a instalação de unidades de pronto atendimento em vários pontos da capital. Já são seis ao todo: shoppings Ponta Negra, Vianorte, Sumaúma, Cidade Leste, UAI Shopping e Parque Dez Mall. O funcionamento é de segunda a sexta-feira, das 10h às 16h30.

De acordo com o diretor-presidente do Detran-AM, Vinicius Diniz, a  unidade do shopping Ponta Negra oferece um leque mais amplo de serviços, em relação às demais. Praticamente todos os serviços disponibilizados na sede do órgão, relacionados à Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e a veículos, são prestados naquela unidade. O usuário também tem à disposição serviço de cartório, para recolhimento de assinaturas e comunicado de venda de veículos.

Mais postos de atendimento foram abertos, desta vez no interior como Manacapuru, Novo Airão e, recentemente, em Itapiranga.

Super leilão segue sem data para acontecer

O super leilão de mais de 11 mil veículos, dentre os quais, nove mil motocicletas, tratores, carros de luxo e 42 ônibus do transporte coletivo, anunciado pelo Detran-AM, no último dia 17 de fevereiro, ainda não tem data para ocorrer.

Dirigentes do órgão estão conhecendo detalhes dessa prática em algumas capitais brasileiras.

No parqueamento, existem milhares de veículos de quase todos os tipos. Além de motocicletas e carros comuns, são encontrados veículos importados, de luxo (Land Rover, Mercedez, BMW etc), tratores, carretas, rolo compressor, micro-ônibus e até ônibus articulados.

As altas multas geradas por infrações no trânsito, IPVA atrasado, além da taxa diária de estacionamento, acabam tornando o prejuízo mais alto que o valor do carro. Por isso, uma grande frota foi abandonada definitivamente no pátio por seus proprietários e, expostos a chuva e sol, estão virando sucata.

Publicidade
Publicidade