Publicidade
Manaus
Cotidiano, Saúde, Maternidade Moura Tapajoz, Semsa

Direção de maternidade afirma que irá apurar possível negligência na morte de paciente

No laudo expedido pela maternidade Ana Braga, para onde Neuciane Teixeira foi transferida, após se internar na Moura Tapajoz, a paciente teria morrido em decorrência da perda de sangue 21/05/2012 às 15:13
Show 1
Comissões que irão apurar o caso serão acionadas nesta semana, afirmou Janet Guimarães
Milton de Oliveira e Síntia Maciel Manaus

As Comissões de Ética e de Revisão de Prontuários, da Maternidade Moura Tapajoz, localizada no bairro Compensa, na Zona Oeste de Manaus, deverão ser acionadas esta semana para avaliar possíveis falhas e negligências no atendimento da paciente Neuciane Teixeira Marques, 20, que no último final de semana se internou na referida unidade de saúde, para dar a luz, mas acabou indo a óbito.

A informação foi garantida pela diretora da maternidade, Janet Guimarães, que também assegurou que “foram adotados todos os procedimentos para atender a paciente”.

Ainda segundo ela, Neuciane seria submetida a um parto normal, como o útero da parturiente apesar de ter dilatado, acabou não contraindo, foi necessário removê-la para a maternidade Ana Braga, localizada no bairro São José, na Zona Leste de Manaus, onde ela chegou em estado grave, falecendo em seguida.

No laudo expedido pela maternidade Ana Braga, a paciente teria morrido em decorrência da perda de sangue.

Apesar de ter morrido, Neuciane conseguiu dar a luz a uma menina de 3,8 quilos.