Publicidade
Manaus
Manaus

Dólar: faturamento do Polo Industrial de Manaus cai 10%

Diante da valorização do dólar, o faturamento do PIM caiu na moeda norte-americana, mas cresceu em moeda brasileira 20/09/2012 às 08:45
Show 1
20,7 bilhões convertidos em dólar, foi o quanto as empresas do PIM faturaram juntas entre janeiro e julho
A Crítica Manaus

Em moeda brasileira, o faturamento acumulado de janeiro a julho das empresas do Polo Industrial de Manaus (PIM) foi de R$ 39,1 bilhões, o que representou 4,13% a mais que o mesmo período do ano passado. Convertido em dólar, entretanto, fica em US$ 20,7 bilhões, o que significou uma queda de 10,62%. A Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa) diz que isso ocorreu em virtude da valorização de quase 30% da moeda norte-americana neste período.

O polo eletroeletrônico respondeu por 34,30% do faturamento; o de duas rodas, por 20,34%; e o setor químico, por 12,93%. Embora figure como segunda maior fonte de faturamento no PIM, o segmento de duas rodas apresentou queda de 4,78%, quando comparado com igual período no ano passado: de R$ 8,3 bilhões para R$ 7,9 bilhões.  O setor também apresentou uma forte queda em julho em relação ao mês anterior, saindo de um faturamento de R$ 1,1 bilhão no sexto mês de 2012 para R$ 748 milhões no mês seguinte (-33,5%).

Dos produtos com elevação na produção, vale ressaltar os televisores com tela de LCD, que atingiram um pico histórico de 1.152.393 unidades produzidas em julho, chegando a mais de 6,7 milhões de unidades no ano ou 27,26% a mais que nos sete primeiros meses de 2011.

(A íntegra deste conteúdo está disponível para assinantes digitais ou na versão impressa).