Publicidade
Manaus
Manaus

Dono de bar no Dom Pedro é morto com cinco tiros em Manaus

Pelas informações colhidas com vizinhos do empresário, o crime foi supostamente encomendado, já que o assassino desceu da moto, perguntou quem era José Gláucio, foi em direção da vítima, sacou o revólver e deu cinco tiros à queima roupa. No final do mês passado, o secretário municipal de Administração de Manaus, José Assunção foi baleado no mesmo bairro 10/03/2012 às 23:24
Show 1
Bar do Glaucio, Dom Pedro
Marlen Lima Manaus

Pelas primeiras informações, extra-oficiais, colhidas junto aos moradores vizinhos, José Gláucio foi morto por "encomenda". Ele levou  cinco tiros em frente do seu bar, “Grande Mangueira”, localizado na rua José Bonifácio, no Dom Pedro, zona Centro-Oeste de Manaus (AM).

Essa tese cria força porque segundo um dos vizinhos de José Gláucio – que ouviu da única testemunha que presenciou o assassinato do dono do bar "Grande Mangueira" –, conta que duas pessoas chegaram numa moto, ambos de capacete, um desceu e perguntou quem era José Gláucio, que foi apontado como sendo o que estava atrás do balcão do bar. Ao sair do bar, José Gláucio foi alvejado por cinco tiros, tendo um acertado a cabeça e os outros quatro no tórax, assim como afirma o Instituto Médico Legal (IML).

Quem está cuidado do caso é a Delegacia de Homicídios, situada no bairro Jorge Teixeira, zona Leste.

O corpo de José Gláucio se encontra no IML. Ele deixou mãe e uma filha de um casamento, em que já estava separado.

Câmera
Um dos moradores próximo do bar de José Gláucio, diz que na última quarta-feira  algo chamou a sua atenção quando retornava da caminhada, na Vila Olímpica, por volta das 18:30h, e chegando em sua casa viu que na esquina da rua, na Venceslau Brás com a José Bonifácio, havia um homem parado, só observando, e olhando para diração do bar da vítima. Isto aconteceu por mais de meia hora.

Segundo esse morador, que prefere o animato, pela câmera de vigilância de sua residência conseguia ver que havia uma pessoa parada, em situação de suspeita olhando para o bar de José Gláucio. Porém, a câmera não conseguiu ver com nitidez o rosto do homem parado na esquina.

Violência 

O bairro Dom Pedro tem sido alvo de notícias violentas com crimes, assaltos, como o que ocorreu no final do mês passado, quando o carro do secretário municipal de Administração de Manaus, José Assunção foi roubado, e no assalto ele ainda levou um tiro. Assunção, hoje, se encontra internado em São Paulo.