Publicidade
Manaus
Manaus

DVisa segue fiscalização contra o comércio ilegal de bebida alcoólica

As ações que envolvem 40 fiscais do órgão e o apoio da Polícia Militar (PM) se estendem até o próximo final de semana, focada na venda de bebidas de forma ilegal, no sambódromo, onde acontece o Boi Manaus 20/10/2012 às 14:04
Show 1
Operação de combate a venda de bebidas está focada no sambódromo, onde acontece o Boi Manaus
A Crítica Manaus (AM)

O Departamento de Vigilância Sanitária do Município (Dvisa) prossegue neste domingo (21) com a megaoperação de combate ao comércio ilegal de bebida alcoólica no entorno do Centro de Convenções (sambódromo), onde hoje acontece o Boi Manaus. As ações que envolvem 40 fiscais do órgão e o apoio da Polícia Militar (PM) se estendem até o próximo final de semana, quando encerram as comemorações do aniversário de Manaus.

De acordo com o Dvisa os vendedores ambulantes localizados no entorno do sambódromo e que estiverem comercializando bebida alcoólica terão o respectivo produto apreendido e receberão uma notificação. “Esta operação combaterá de forma rígida e com eficácia a todos aqueles que insistirem em burlar a lei”.

Para este tipo de crime a lei prevê multa de R$ 704 a R$ 7,1 mil, de acordo com o decreto 3.910/97.

O diretor do Dvisa, Marco Fabrício, informou que há 15 dias uma ação do órgão aplicada contra ambulantes na avenida do Turismo, Tarumã, Zona Oeste, conseguiu recolher aproximadamente 250 latas de cerveja e 50 garrafas de vodka e de whisky.

O órgão informou que do último mês até ontem foram aplicadas mais de R$ 20 mil em multas a todo tipo de segmento inspecionado. “Nestas ações verificamos a venda de medicamentos fora do prazo de validade e sem autorização, frigoríficos inadequado para a atividade, venda ilegal de bebida alcoólica e o comércio de alimento impróprio para o consumo”, ressaltou. Essas ações atendem recomendação do Ministério Público do Estado.