Publicidade
Manaus
Manaus

Ebulição na moda amazonense

Setor cresce e aparece no ano 14/01/2012 às 11:07
Show 1
O Polo de Modas do Amazonas também rendeu em 2011
VANESSA BAYAMA Manaus

Com a grande quantidade de eventos ligados diretamente à moda, no ano passado, Manaus começou a ter seus talentos revelados e que até então tinham pouca exposição do próprio trabalho.

Falta de espaço não é mais desculpa e os estilistas em 2012 estão com seus projetos a mil, prometendo “fazer barulho” ainda maior do que em 2011. Prova disso é o que a estilista Cristiane Batista, da marca Santa Cris, já tem em mente: “Tenho toda a agenda do ano para o ‘Santa Cris Convida’, na Saraiva, que começa a partir de março. Estou também organizando uma feira, o Vitrine Rosa Choque, e fiz um curso de capacitação, ‘Tecendo Tendência’, em Curitiba. Tive aula com a professora Doris Treptow, que é de Pelotas e mora nos Estados Unidos, e pretendo trazê-la para ministrar um curso aqui”, adiantou a estilista, que sempre movimenta o setor com o Concurso Cultural do Vitrine Rosa Choque.

 A edição deste ano, que acontece em maio, promete aumentar para uma semana. O concurso terá o edital lançado no final de fevereiro aos interessados. Assim como em 2011, o Vitrine terá mais outra edição. No “Santa Cris convida”, a ideia é oferecer mais do que debates, oficinas, palestras e workshops.

Volta

O Coletivo Difusão vai vir com tudo. Mesmo em fase de planejamento, fazendo a organização interna e de estrutura, como informou Paulo Trindade, os projetos já estão tomando forma: “Temos alguns projetos em mente e um deles é voltar com o grupo de estudos do Laboratório de Moda, que queremos ampliar para o design gráfico também, para trabalhar com produtos”, contou.

Além disso, o projeto “Nós ambiente” usará a moda na reutilização de materiais a fim da transformação em ecobags, carteiras, entre outras coisas. Particularmente com Adroaldo Pereira, Paulo também possui um projeto de “ecobags”, semelhante ao que apresentaram para trabalho específico no Amazonas Film Festival. “Estamos reutilizando materiais”.

Preparação

O estilista Nil Lima, famoso por trabalhar com acessórios, já pensa no Carnaval, além de ter outras ideias ao decorrer de 2012. “Já estou desenvolvendo algumas coisas para o Carnaval, como acessórios de cabelo e máscaras. Mas também algumas camisetas customizadas que tenho a ideia de fazer, com personagens como Mulher-Maravilha, Thundercats, essas coisas da infância”, adiantou.

O estilista mostrou seu talento em exposição na Galeria do Largo, “Amazonças e Derivação”, de Otto Weisser e curadoria de Suely Moss. Ele aposta nos maxi-colares que já são visto nos pescoços das mais descoladas, além de acessórios como golas, ombreiras, casquetes, broches, tiaras, camisas e colares, que vai continuar produzindo. “Pretendo expandir meus pontos de venda e os acessórios para noivas e crianças”.