Publicidade
Manaus
Manaus

Eduardo Braga se recusa a dizer quem são os "traidores" de Vanessa Grazziotin

Questionado sobre o assunto, o parlamentar disse: "Nós estamos hoje num processo eleitoral.  Hoje o importante é ouvir a opinião da população" 28/10/2012 às 16:25
Show 1
Senador Eduardo Braga ao votar na manhã deste domingo (28)
acritica.com Manaus

O senador Eduardo Braga (PMDB) votou, na manhã deste domingo (28), na Escola Estadual Marechal Hermes, no conjunto Cophasa, Zona Oeste de Manaus, e evitou polemizar sobre o resultado das eleições e as pesquisas que indicam a vitória de Artur Neto (PSDB).

Braga não quis dar nomes aos "traidores" de Vanessa Grazziotin. A expressão foi usada por ele em entrevista ao jornal Valor Econômico, na última sexta-feira (26). Segundo ele, Vanessa "foi traída" na eleição para a Prefeitura de Manaus.

Na entrevista, ele cita "erros" na campanha de Vanessa Grazziotin, "problemas de divisão" em seu próprio grupo político, "traição", além de  "forças ocultas" por trás da candidatura de Artur.

Questionado sobre quem traiu Vanessa, o parlamentar disse: "Nós estamos hoje num processo eleitoral. Hoje o importante é ouvir a opinião da população". 

Ele ainda afirmou que dentro de um ano "vamos ter a oportunidade de ver se a população está satisfeita" com a escolha de hoje. Eduardo Braga foi o maior fiador da candidatura de Vanessa Grazziotin. As pesquisas eleitorais dão como certa a vitória de Artur com 70% dos votos. O tucano é o maior adversário de Braga. 

Província
Na entrevista ao Valor, Eduardo Braga diminui a iminente vitória tucana e a dimensão da eleição de Artur em nível nacional afirmando que a disputa “é um fato isolado, da nossa província”.

"O que adianta o PSDB fazer o prefeito de Manaus e o (José) Serra perder São Paulo? Compare a Prefeitura de São Paulo com a de Manaus. Essa eleição aqui é um fato isolado, da nossa província, de um jogo que está olhando para 2014 aqui, no Estado. É o jogo do poder local”, disse.

"Tentar extrapolar e dar a isso uma importância nacional é dar ao Artur e ao PSDB do Amazonas uma força que eles não têm", declarou Braga ao Valor

Ainda na entrevista, Braga afirma que sua força política maior é na capital do Estado, mas não conseguiu transferir votos para sua candidata, a senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB).

"Durante os dez anos em que estamos ganhando eleições no Estado, nunca ganhamos a prefeitura. Só tive a prefeitura quando fui prefeito", afirmou.