Publicidade
Manaus
Manaus

Educação é debatida na 3ª conferência do Fórum Estadual de Educação

Realizadas a cada quatro anos, as conferências do Fórum são debates com a participação popular promovidas nos âmbitos municipal, estadual e nacional 19/03/2013 às 10:55
Show 1
Segundo representantes do fórum estadual, as conferências são espaços para se debater e apresentar propostas para melhorar a educação
acritica.com* Manaus

O Fórum Estadual de Educação do Amazonas abrirá oficialmente nesta terça-feira, (19), às 14h, no auditório Belarmino Lins da Assembleia Legislativa do Estado (ALE-AM) a 3ª edição das conferências municipais e estadual de educação. O encontro marcará o início da mobilização do fórum para que os 62 municípios amazonenses realizem suas conferências municipais de educação até maio deste ano, antecedendo a conferência estadual agendada para o mês de agosto sob a coordenação da Secretaria de Estado de Educação (Seduc). 

Segundo o presidente do fórum estadual e secretário da Seduc, Rossieli Soares da Silva, o evento programado para esta terça-feira é uma estratégia para mobilizar os municípios a criarem seus fóruns de educação e, já em seguida, realizarem suas conferências. “Acreditamos neste trabalho realizado com a base e sabemos que as discussões ali feitas serão úteis e necessárias para a melhoria da educação local”, apontou o secretário, afirmando que o Governo do Estado, via Seduc, dará o suporte necessário para a promoção destas assembléias.

Segundo representantes do fórum estadual, as conferências são espaços para se debater e apresentar propostas para melhorar a educação. Os eventos serão abertos a todos os segmentos da sociedade.

De acordo com a representante da secretaria-executiva do fórum estadual de educação, Darci Dias de Oliveira, são das conferências realizadas no âmbito municipal, estadual e nacional que saem as propostas para a melhoria da educação no País, transformadas em políticas públicas pelo Governo Federal. “Foi da conferência nacional de 2010, por exemplo, que saíram as linhas gerais do projeto de lei que institui o Plano Nacional de Educação (PNE) para o período 2011-2020. O documento estabelece 20 metas a serem alcançadas pelo País até 2020”, comenta.

O tema da Conferência Nacional em 2014 será “O Plano Nacional de Educação na Articulação do Sistema Nacional de Educação: Participação Popular, Cooperação Federativa e Regime de Colaboração”. O tema é o mesmo a ser trabalho pelos Estados e municípios em suas conferências neste ano de 2013.

Além do lançamento das conferências nesta próxima terça-feira (19), o Fórum Estadual de Educação mobilizará os municípios a organizarem suas discussões, fazendo contatos com as prefeituras, com intuito de sensibilizar os gestores municipais e os secretários de educação a se engajarem na causa.

No Amazonas, 33 instituições compõem o Fórum Estadual de Educação, dentre as quais: a Secretaria de Estado de Educação (Seduc), Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel), Comissão de Educação da Assembleia Legislativa do Estado, Conselho Estadual de Educação, Secretaria Municipal de Educação (Semed), União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (UBES), União Nacional do Estudantes (UNE), Universidade Federal do Amazonas (Ufam), Universidade do Estado do Amazonas (UEA), Associação dos Municípios do Amazonas (AAM), Câmara Municipal de Manaus, Arquidiocese de Manaus, Associação das Igrejas Evangélicas, Representantes de Pais dos Alunos, Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Amazonas (Sinteam), dentre outras.

*Com informação da assessoria