Publicidade
Manaus
Manaus

Em 90 dias terminal de ônibus será inaugurado na Ponta Negra

A construção do terminal pode reduzir o grande número de veículos que ficam estacionados nas proximidades da Marina do Davi 17/11/2012 às 11:06
Show 1
O fluxo de pedestres em meio aos carros é intenso na Marina do Davi, nos feriados e finais de semana
A Crítica Manaus, Am

O terminal de passageiros de ônibus que será construído na Ponta Negra, Zona Oeste, deverá ser inaugurado em 90 dias, dois meses após o atual prefeito, Amazonino Mendes, deixar o cargo.

Ele será adequado para atender ao grande fluxo de pessoas que destinam àquela área nos finais de semana e feriados. A Comissão de Licitação da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf) concluiu o processo licitatório e a obra foi orçada em R$137.556.

De acordo com a assessoria de comunicação da Seminf, o novo terminal de passageiros será construído no final da avenida Coronel Teixeira, próximo à Marina do Davi. Pelo local circulam milhares de pessoas principalmente nos finais de semana. É de lá que saem as lanchas de passageiros com destino às praias e às comunidades próximas à capital amazonense.

A construção do terminal pode reduzir o grande número de veículos que ficam estacionados nas proximidades da Marina do Davi. Além de tomarem espaço, os carros ficam durante muitas horas desprovidos de segurança.

A obra

 A expectativa é que os condutores que forem viajar deixem seus veículos nos estacionamentos em frente ao balneário da Ponta Negra e optem pelo transporte coletivo para chegar ao porto de embarque da Marina do Davi, considerando que se trata de um pequeno trajeto.

A obra terá banheiros, feminino e masculino, uma área coberta para breve descanso dos motoristas e cobradores, além de um pequeno estacionamento para os coletivos.

Nos dias de grande fluxo de pedestres que procuram a praia da Ponta Negra ou por conta de eventos artísticos no anfiteatro, a linha reduzida de coletivos provoca longas filas de espera no primeiro ponto de ônibus que funciona atualmente no local, no sentido bairro-centro. Em dias menos movimentados é naquele local que os ônibus improvisam o único terminal do balneário.