Publicidade
Manaus
Manaus

Em greve funcionários públicos de Novo Airão (AM) paralisaram atividades nesta quarta (11)

De acordo com comunicado expedido pelo Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Novo Airão (Sindesepm-NA), todas as tentativas de dialogo com a prefeito da cidade, Leosvaldo Roque Migues (PSDC), foram esgotadas 11/04/2012 às 11:57
Show 1
Entre as reivindicações dos servidores de Novo Airão também estão a definição do calendário de pagamento da categoria; revisão geral e anual do vencimento e subsídios, entre outros.
JOELMA MUNIZ Manaus

Funcionários Públicos municipais de Novo Airão (115,15 quilômetros de Manaus) estão em estado de greve por tempo indeterminado. A paralisação que começou na manhã desta quarta-feira (11) tem como base reivindicações econômica, que incluem fim do atraso de salários e a consolidação da revisão anual dos seus vencimentos.

De acordo com comunicado expedido pelo Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Novo Airão (Sindesepm-NA), todas as tentativas de dialogo com a prefeito da cidade, Leosvaldo Roque Migues (PSDC), foram esgotadas.

“Então, não restou alternativa senão exercer o direito constitucional de greve, amparado pela Lei Federal nº 7.738/89, de 28 de junho de 1989.
Durante estas últimas duas semanas, fizemos várias reuniões setoriais com a categoria, a qual se mostrou preocupada e que já não aguentam pagar tantos juros com atrasos de seus compromissos financeiros”, destaca o documento.

Entre as reivindicações dos servidores de Novo Airão também estão a definição do calendário de pagamento da categoria; revisão geral e anual do vencimento e subsídios; rateio da verba federal do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb); pagamento do percentual do quinquênio;
pagamento do 13º salário em relação aos adicionais de qualquer natureza; aplicação da jornada de 40 (quarenta) horas semanais; melhores condições de trabalho e adicional por exercício de atividades insalubres ou perigosas.

A categoria ressalta ainda que, existe outra pendência do Executivo Municipal junto à categoria. Segundo eles, a contribuição previdenciária (INSS), durante toda a atual gestão, está sendo descontada e sem haver o repasse à Previdência.

Até o fechamento desta matéria, a reportagem do Portal acrítica.com tentou por várias vezes contato com o prefeito de Novo Airão, e seus representantes em Manaus, através dos telefones 8826-96-xx/ 9137-69-xx e 3365-13-91.