Publicidade
Manaus
Manaus

Em Manaus, polícia apreende 15 quilos de drogas com dupla após denúncia anônima

Os suspeitos declararam na delegacia que apenas guardavam as drogas para um traficante conhecido como “Beto”. A polícia não acredita na versão 17/03/2014 às 12:19
Show 1
Elisvaldo e Edson foram autuados em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico e posse ilegal de arma de fogo de uso restrito
Bruna Souza Manaus, AM

Aproximadamente 15 quilos de entorpecentes, entre maconha, cocaína, pasta base e oxi, foram apreendidas por policiais civis da Delegacia Especializada em Prevenção e Repressão de Entorpecentes (Depre) com Elisvaldo Pereira Sá, 28, conhecido como “Preto”, e Edson Fernandes da Silva, 33, na noite deste domingo (16). A prisão aconteceu após denúncias anônimas de que na casa onde os suspeitos moravam, localizada na rua Visconde Barão de Jaraguá, quadra 28, do Parque das laranjeiras, Zona Centro-Sul, funcionava um laboratório de drogas.

Os policiais civis pediram apoio da Secretaria Executiva de Inteligência (Seai) e do Grupo de Força Especial de Resgate e Assalto (FERA) e conseguiram prender os suspeitos em flagrante. Com eles foram apreendidos os 15 quilos de drogas, que estavam divididos em uma mala embaixo da cama e outra parte numa caixa de papelão na cozinha da casa.

Eles também encontraram um carregador de pistola PT 40 com nove munições intactas, uma prensa, um maçado hidráulico, R$ 1.241 em espécie, três balanças de precisão e material usado no refino e embalagem dos entorpecentes.

De acordo com a assessoria de imprensa da Polícia Civil do Amazonas, os suspeitos declararam na delegacia que apenas guardavam as drogas para um traficante conhecido como “Beto”. Além de pagar o valor de R$ 500, ele ainda pagava o aluguel da casa orçada em R$600. Os policiais civis acreditam que a afirmação seja falsa, já que os dois não entregariam o dono dos entorpecentes com facilidade. O caso ainda continuará sendo investigado.

Elisvaldo e Edson foram autuados em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico e posse ilegal de arma de fogo de uso restrito e foram encaminhados à Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, localizada no Centro da capital, na manhã desta segunda-feira (17).