Publicidade
Manaus
Manaus

Em menos de um mês, 33 presos fogem de sistema prisional

Os casos aconteceram no Complexo Penitenciário Anísio Jobim, Centro de Detenção Provisória e na Cadeia Pública Raimundo Vidal Pessoa. Em todos eles, a Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos afirmou que os presos serraram suas celas 16/10/2012 às 09:01
Show 1
Os detentos fugiram do Compaj
acritica.com Manaus (AM)

Em menos de um mês, 33 presidiários fugiram das penitenciárias onde estavam detidos. Na manhã desta segunda-feira (15), 11 presos fugiram do Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj). De acordo com a Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejus), os presos serraram grades da cela.

Em nota, a Sejus informou está mobilizada com os órgãos de segurança do Estado para a recaptura dos fugitivos. Uma sindicância foi aberta para apurar em que circunstâncias ocorreu a fuga.

A fuga acontece no mesmo mês em que ‘Zé Roberto da Compensa’, considerado um dos maiores traficantes da capital amazonense é transferido para o Compaj.  Ele é preso da Justiça paraense por tráfico internacional de drogas e associação para o tráfico e retornou no início do mês para cumprir o resto da pena ao lado da família, segundo solicitação feita pelo advogado de defesa.

A chegada do traficante a Manaus pegou de surpresa as autoridades da segurança pública. Além de uma condenação por tráfico internacional de droga e associação para o tráfico pela Justiça do Pará, Zé Roberto é réu de um processo criminal que tramita na Justiça Federal.

Casos semelhantes

No último dia 6, 13 presidiários fugiram do Centro de Detenção Provisória (CDP) de Manaus, localizado no km 8 da BR-174. Na ocasião, também foi constatado que os detentos serraram as grades da cela, para facilitar a fuga.

O jornal A CRÍTICA apurou e publicou que, no momento da fuga, não havia nenhum policial militar na muralha de proteção do CDP e um agente penitenciário chegou a ver os presos saindo e deu alarme, mas quando a segurança tentou recapturar os fugitivos, eles entraram na mata.

Já na Cadeia Pública Raimundo Vidal Pessoa, localizada na Avenida 7 de Setembro, no Centro, nove conseguiram fugir no dia 18 de setembro.