Publicidade
Manaus
Manaus

Emendas da bancada do AM ao Orçamento da União devem chegar a R$ 2,5 bilhões

Os números foram apresentados na tarde desta terça-feira (27/11), em reunião da bancada, que até fevereiro do próximo ano, deve ter um novo coordenador, conforme informou o senador Eduardo Braga (PMDB), que ocupa a função atualmente 27/11/2012 às 18:52
Show 1
Bancada do Amazonas no Congresso
Ana Carolina Barbosa e Antônio Paulo Manaus

Até o dia 29 deste mês, os 11 parlamentares que representam o Amazonas no Congresso Nacional devem encaminhar 15 emendas, totalizando R$ 2,5 bilhões, ao Orçamento Geral da União para 2013, as quais variam entre R$ 100 milhões e R$ 600 milhões.

Os números foram apresentados na tarde desta terça-feira (27/11), em reunião da bancada, que até fevereiro do próximo ano, deve ter um novo coordenador, conforme informou o senador Eduardo Braga (PMDB), que ocupa a função atualmente.

Durante a reunião, que tratou da definição das emendas, os parlamentares definiram a destinação do recurso, caso elas sejam aprovadas.

O dinheiro deve ser aplicado na reforma de escolas, construção do Hospital da Polícia Militar (PM), infraestrutura básica no interior, construção de aeroportos no Estado, obras para contenção de erosões e controle de cheia, continuidade do Programa Social e Ambiental dos Igarapés de Manaus (Prosamim), entre outros.

Duas das emendas foram apresentadas pelo governo estadual e, pela primeira vez, os municípios apresentarão uma emenda por meio da Associação Amazonense dos Municípios. A Prefeitura de Manaus também terá direito a apresentar uma emenda.

Além disso, o prefeito eleito de Manaus, Artur Virgílio (PSDB), solicitou R$ 100 milhões para aplicação em obras de infraestrutura urbana e um terço de cada emenda individual. A proposta será avaliada pela bancada.

Amanhã, o tucano irá a Brasília discutir com os parlamentares as áreas que porventura serão beneficiadas com as emendas individuais.