Publicidade
Manaus
Manaus

Empresa contesta discurso de deputado da ALE-AM

A polêmica entre a empresa Fort Empreendimentos e Tecnologia, e o deputado Marcelo Ramos (PSB), começou após discurso onde o parlamentar levantou a possibilidade da mesma figurar como “laranja” da antiga empresa responsável pela medição de contadores de energia em Manaus 09/04/2012 às 08:39
Show 1
De acordo com o deputado a troca sem licitação de uma empresa pela outra pela, poderia ser um indício de fraude no processo
JOELMA MUNIZ Manaus

A empresa Fort Empreendimentos e Tecnologia, que atualmente presta serviços para a Eletrobras Amazonas Energia afirmou em nota que ao contrário do que sugeriu o deputado Marcelo Ramos (PSB), em discurso feito na Assembleia Legislativa do Amazonas (ALE-AM), no dia 29 de março, não possui qualquer ligação com a empresa Potência Elétrica Engenharia LTDA.

De acordo com o sócio-Administrador da Fort, Ademar Antônio Ferreira, a informação pode ser devidamente comprovada através dos documentos registrados e arquivados na Junta Comercial do Amazonas (Jucea).

“A empresa Fort mantêm um contrato de execução de serviços de leitura e entrega de energia elétrica, desde janeiro de 2012, não tendo assumido qualquer passivo inerente ao serviço”, ressaltou.

O deputado Marcelo Ramos, na ocasião levantou a possibilidade da Fort Empreendimentos e Tecnologia, que é a atual responsável pela aferição dos contadores de energia da cidade, ser “laranja” da empresa Potência.

Ramos fez seu discurso com base na conversa que os parlamentares da Casa tiveram com o Diretor-Presidente da Eletobras, Marco Madureira, no dia 21 de março. De acordo com o deputado a troca sem licitação de uma empresa pela outra pela, poderia ser um indício de fraude no processo.