Publicidade
Manaus
Manaus

Empresa limpa-fossa é flagrada envenenando árvore na Zona Oeste de Manaus

O envenenamento era feito por meio de furos no tronco por onde estava sendo injetado óleo queimado 14/09/2012 às 09:42
Show 1
O envenenamento era feito por meio de furos no tronco por onde estava sendo injetado óleo queimado
acritica.com Manaus

Uma equipe de fiscalização da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas) flagrou o envenenamento de uma árvore da espécie cajazeira, feito por meio de furos no tronco por onde estava sendo injetado óleo queimado, que fatalmente levaria o espécime à morte. O flagrante foi feito durante uma fiscalização de rotina com a finalidade de verificar o licenciamento ambiental de empresas limpa-fossas em Manaus.

A empresa foi autuada em 100 Unidades Fiscais do Município (R$ 7.044) por sacrifício e supressão de espécie arbórea e em mais 100 UFMs por ausência de licenciamento ambiental da garagem dos veículos. O limpa-fossas fica situado na Rua Nova Dely, no Conjunto Campos Elísios, bairro Planalto, Zona Oeste.

De acordo com os fiscais que participaram da ação, a vistoria estava sendo feita normalmente quando observaram a existência de uma árvore com um corte circular e furos que continham vestígios de óleo queimado, o que caracteriza a intenção de matar o exemplar arbóreo.

O monitoramento das empresas limpa-fossas vem sendo feito de forma contínua pelo Departamento de Fiscalização da Semmas. A finalidade do trabalho é verificar o cumprimento das condicionantes do licenciamento ambiental obrigatório para as empresas que executam esse tipo de atividade.

A empresa que não possuir licença ambiental poderá ser autuada e interditada. E se for flagrada fazendo o descarte dos dejetos coletados diretamente em cursos d’água terá o veículo apreendido e uma multa que pode variar entre 250 a 501 UFM’s (o equivalente a R$ 17,6 mil a R$ 35,2 mil).