Publicidade
Manaus
WORKSHOP

Entidades da construção civil discutem projeto ‘Futuro da Minha Cidade’ em evento

Existente em 18 capitais do país, o projeto visa criar estratégias e planos para o desenvolvimento urbano do município 15/09/2017 às 12:36
Show gg
(Foto: Winnetou Almeida)
Isabelle Valois Manaus (AM)

As entidades do setor da construção civil do Amazonas realizaram na manhã desta sexta-feira (15) o workshop de implantação do projeto “Futuro da Minha Cidade” (FMC) que deve ser concluído até o início de 2018. Existente em 18 capitais do país, o projeto visa criar estratégias e planos para o desenvolvimento urbano do município.

O encontro ocorreu no auditório da Federação das Indústrias do Amazonas (Fieam) localizado na avenida Joaquim Nabuco, no Centro de Manaus. O projeto é patrocinado pela Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), a Associação das Empresas do Mercado Imobiliário do Amazonas (Ademi-Am) e o Sindicato da Indústria da Construção Civil do Amazonas (Sinduscon-Am).

Neste workshop sairá os temas no qual o plano deve seguir ou englobar, como saúde, educação, segurança, mobilidade urbana, entre outros. “O projeto é idealizado pela própria sociedade civil com recursos privados para que a gente possa contratar os gestores públicos pelo voto, mas desde que ele siga o plano que não tem nenhum viés político partidário e sim aquilo que é bom para o cidadão e por este meio teremos como trazer qualidade de vida, desenvolvimento para a cidade e é isso que nós esperamos”, disse o presidente da Ademi, Romero Reis.

O desenvolvimento do projeto teve início em outubro do ano passado e deve destinar a uma estrutura que a gestão pública precisa seguir para termos uma cidade que ofereça qualidade de vida ao cidadão, prevista até 2037. O plano segue na fase de institucionalização, essa que destina a elaboração de fases. Durante o ano passado foi primeiramente apresentado a ideia do projeto, em junho deste ano houve a mobilização, agora a institucionalização e próximo passo será a elaboração dessas fases.

Durante o início do workshop, o especialistas e consultor de sustentabilidade e cidadania, Silvio Barros, explanou com mais detalhes a ideia do projeto, este no qual foi também desenvolvido em Maringá (Paraná) que hoje se tornou a cidade modelo a ser seguida pelas demais cidades que adotam o projeto FMC.

Silvio foi prefeito de Maringá e após a experiência tem percorrido pelo Brasil colaborando com suas ideias e apresentando os procedimentos a serem seguido para ser criado e instalado o projeto. O especialista morou na capital amazonense durante 15 anos, então tem muito conhecimento da realidade de Manaus.