Publicidade
Manaus
Manaus

Equipe do Jornal A Crítica recebe prêmio

A equipe de A Crítica faturou o Prêmio Milton Cordeiro de Jornalismo na categoria Impresso, com o “Especial Gás e Petróleo: uma revolução silenciosa no coração da floresta”, publicado em março deste ano. Uma grande reportagem que mostrava os benefícios e prejuízos trazidos pela exploração petrolífera no Estado. 03/08/2012 às 23:11
Show 1
Capa do caderno especial publicado em 18 de março
acritica.com Manaus

A equipe de jornalistas Leandro Prazeres, Steffanie Schmidt, e o fotografo Clóvis Miranda do Jornal A CRÍTICA, ganharam, na noite desta sexta-feira (03), o Prêmio Milton Cordeiro de Jornalismo na categoria Impresso, com o “Especial Gás e Petróleo: uma revolução silenciosa no coração da floresta”.

Trata-se de um caderno especial sobre Petróleo e Gás no Amazonas, publicado em março deste ano. Uma grande reportagem mostrava os benefícios e prejuízos trazidos pela exploração petrolífera no Estado. Em Coari, por exemplo, o material mostrou como 25 anos de exploração comercial do petróleo e do gás natural não foram suficientes para reverter toda essa riqueza em melhoria na qualidade de vida da sua população.

As reportagens mostraram que apesar de o município receber milhares de reais em royalties todos os anos, Coari ainda sofre com a pobreza, analfabetismo e desigualdades sociais.

O caderno especial foram feitas entre os dias 6 e 18 de fevereiro deste ano, em três municípios: Carauari, Tefé e Coari.

Para a editora do caderno, Steffanie Schmidt, o prêmio é uma coroação do trabalho realizado. “Premiações sempre são bem vindas, principalmente quando se trata de um trabalho diferenciado. Sempre buscamos dar ao leitor um material mais trabalhado, mostrando uma nova realidade na Amazônia, que foi constatada pelo repórter Leandro Prazeres durante mais de um mês de trabalho”, disse ela.

A edição contou com 16 páginas, resultado de mais de dois meses e meio de trabalho entre a preparação, apuração e edição das reportagens que mostraram a realidade de um mercado aquecido, mas que também retratavam os impactos causados pela atividade petrolífera.