Publicidade
Manaus
Manaus

Escritórios e lojas feitos de contêineres

Modelo que começa a crescer no mercado local é mais econômico que os padrões convencionais de construção 24/02/2013 às 16:12
Show 1
O sócio da RChaves Engenharia, Rubem Chaves, comemora o sucesso do empreendimento
Auriane Carvalho Manaus (AM)

Inusitado e ambientalmente correto, os escritórios e lojas em contêineres estão conquistando cada vez mais o mercado amazonense. Uma solução rápida, sustentável e barata para ambientes que precisam estar em constante adaptação. Um escritório desse tipo, por exemplo, oferece o mesmo conforto e comodidade que os prédios convencionais.

A diferença é que a obra não gera entulho, a unidade pode ser transportada de um lugar para outro, e ainda proporciona uma economia de pelo menos 30% no custo da obra, segundo informa o sócio-gerente da empresa R. Chaves Engenharia, Rubem Chaves, que atua neste segmento há três anos.

“É uma tendência que está crescendo em todo o mundo. Hoje, é possível encontrar lojas, centro de compras e até moradias neste formato. Há empreendimentos que atuam na reutilização de contêineres que seriam descartados ou fabricam módulos metálicos habitacionais termoacústicos, como é o caso da nossa empresa”.

O arquiteto e empresário Roberto Moita, que em breve vai inaugurar o primeiro “Shopping Contêineres” de Manaus, informa que a utilização deste produto é uma nova vertente de sustentabilidade, pois reutiliza estruturas portáteis que poderiam ter como destino o lixo e, ainda, pode ser transportado facilmente de um espaço para outro.


“Atualmente, temos duas motivações: o modelo habitacional, adaptado com vidros para escritórios provisórios, estandes, postos de atendimento, entre outros; e o contêiner marítimo utilizado para obras fixas, como shoppings, escritórios permanentes”, explica Moita.

O sócio-gerente da R. Chaves Engenharia informa que é a única empresa da Região Norte a oferecer os módulos habitacionais termoacústicos. Segundo ele, o empreendimento atende toda a demanda das empresas locais de construção civil.

“Podemos montar um módulo em até 72 horas. Nossos clientes utilizam esses escritórios pela comodidade e praticidade”, ressalta Rubem Chaves.

Vantagens de sobra

A utilização de contêineres para construção de lojas, escritórios e até residências é uma opção muito popular em diversas partes do mundo. “Este tipo de empreendimento já é bastante utilizado em países da Europa e, inclusive, no Brasil. É possível encontrar condomínios e até shoppings neste formato”, destaca o arquiteto Roberto Moita, que é um entusiasta dessa alternativa.

Quem optar por essa solução, além de fazer baixo investimento, ainda pode ter economia com climatização e gasto de energia.

Rubem Chaves explica que os módulos apresentam alta performance de isolamento acústico, podendo ter janelas e portas energeticamente eficientes para o controle da temperatura e minimização da perda de calor nos espaços. “Em nosso escritório não utilizamos a luz elétrica durante o dia. A utilização do ar-condicionado também rende mais. Além disso, não ouvimos o barulho dos carros devido os painéis bloquearem o ruído”, destaca o empresário.

Mas a principal vantagem da utilização de contêineres em escritórios e lojas é o fato de ser uma solução menos agressiva ao meio ambiente, uma vez que sua fabricação ou reutilização não gera entulho. Além disso, segundo Roberto Moita, os projetos podem ser executado em curto prazo e com o custo reduzido. Tudo indica que os contêineres vieram para ficar.