Publicidade
Manaus
BOLETIM

Esposa de advogado morto no Porão está livre do risco de amputação, diz médico

Boletim médico datado desta segunda-feira (4) diz que Fabíola Rodrigues, que segue internada, sofreu "danos irreparáveis" na perna esquerda 05/12/2017 às 14:32 - Atualizado em 06/12/2017 às 09:51
Show fabiola
(Foto: Winnetou Almeida)
acritica.com Manaus

Fabíola Rodrigues, esposa de Wilson Justo Filho, assassinado no Porão do Alemão no último dia 25 de novembro após disparos do delegado Gustavo Sotero, está livre do risco de perder a perna esquerda "até o presente momento".

A avaliação consta do boletim médico assinado pelo ortopedista Nilton Orlando, datado de segunda-feira (4), às 14h30. O boletim médico desta terça-feira (5) será divulgado quando autorizado pela família.

De acordo com a análise do profissional, Fabíola sofreu "danos irreparáveis" na perna esquerda, resultado dos tiros disparados pelo delegado na ocasião em que o marido dela foi morto. "As lesões são graves e estruturas anatômicas sofreram danos irreparáveis, na perna esquerda", afirma o boletim.

Conforme o boletim, o estado dela é grave e sem previsão de alta hospitalar.  "O salvamento do membro é o principal objetivo do tratamento inicialmente e este se apresenta viável e livre de risco de amputação até o presente momento", atesta o médico, acrescentando que ela será submetida a novas intervenções cirúrgicas conforme evolução do estado de saúde.

Publicidade
Publicidade