Publicidade
Manaus
Polícia, Assassinato

Estudante é preso por enforcamento de ex-presidiário, na Zona Norte de Manaus

Romanos Alves assumiu a autoria do crime, praticado na última segunda-feira (5), e o mesmo teria sido em legítima defesa  07/03/2012 às 14:22
Show 1
Na delegacia Romanos assumiu o crime, sob a alegação de legítima defesa
Síntia Maciel e Thiago Monteiro Manaus

O estudante Romanos Ferreira Alves, 19, foi apresentado na manhã desta quarta-feira (7), no 13º Distrito Integrado de Polícia (13º DIP), no bairro Cidade de Deus, Zona Norte de Manaus , como o responsável  pela morte do ex-presidiário Jeferson Afrânio Farias da Silva, o “Binho”, ocorrida na última segunda-feira (5), no bairro Cidade de Deus.

De acordo com o delegado titular do 13º DIP, Walter Cabral, Romanos assumiu a autoria do crime e teria praticado o mesmo, em legítima defesa, após ser ameaçado com uma faca pela vítima, que tentou lhe extorquir a quantia de R$ 2, para comprar drogas.

“Ele (Romanos) disse que se defendeu contra a vítima, aplicando um mata leão (golpe de artes marciais) e para conferir que ele estava morto, usou um cinto para enforcá-lo”, explica Cabral, a partir do depoimento prestado pelo suspeito.       

Após prestar depoimento, Romanos foi indiciado pela prática de homicídio, por motivo fútil e seria encaminhado ainda nesta quarta-feira, para a cadeia pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, no Centro de Manaus.