Publicidade
Manaus
Economia, Polo Naval, Estaleiros, Barcos, Embarcações, Marinha do Brasil, Crea-AM, Sindnaval

Evento movimenta setor naval em Manaus e discute normas de certificação e segurança na navegação

Normas e procedimentos de habitabilidade e estabilidade com foco na segurança de passageiros são alguns dos temas a serem debatidos durante o Seminário de Certificação de Embarcações 28/11/2012 às 17:50
Show 1
Segundo especialista Ainda de acordo com ele, muitos estaleiros e construtores não desenvolvem e aprovam projetos antes da construção do barco por desconhecer a legislação
acritica.com Manaus

Nesta quinta-feira (29), acontece em Manaus o 1º Seminário de Certificação de Embarcações (1º Certemb), no auditório do Senai na Bola da Suframa, Zona Sul de Manaus, a partir das 9h. O objetivo do evento é apresentar e discutir as normas de certificação de embarcações, a fim de esclarecer aos estaleiros e construtores informais sobre as normas e procedimentos adequados para a construção naval. Normas e procedimentos de habitabilidade e estabilidade com foco na segurança de passageiros também estarão em pauta.

“A maioria dos acidentes com embarcação no Brasil tem a ver com erros cometidos desde a construção dos barcos, muitas vezes construídos sem um projeto técnico aprovado”, afirma o engenheiro naval e presidente nacional da Record – Certificação Naval, Joel Rocha Soares, um dos palestrantes do evento.

Ainda de acordo com ele, muitos estaleiros e construtores não desenvolvem e aprovam projetos antes da construção do barco por desconhecer a legislação ou por acreditar que a elaboração do projeto representa um custo elevado, além de ser algo dispensável. Segundo o especialista, o valor de um projeto varia de 1% a 3% do valor total da embarcação.

“O projeto não é caro; e ele é fator principal para que a embarcação siga as normas de construção e certificação, garantindo sua operação com total segurança. O projeto tem a vantagem, ainda, de reduzir custos e diminuir o tempo de construção”, afirma.

Na programação do evento haverá, ainda, palestras sobre os projetos estaduais para o setor, normas de certificação de embarcações, habitabilidade e normas de seguranças de passageiros. O evento é destinado aos empresários do setor de estaleiros, profissionais liberais, gestores públicos e interessados em conhecer as normas e exigências desde as primeiras etapas da construção até a autorização para navegar.

O Seminário conta com a parceria da Marinha do Brasil, Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), Conselho Regional de Engenharia do Amazonas (Crea-AM), Sindicato da Indústria da Construção Naval, Náutica, Offshore e Reparos do Amazonas (Sindnaval-AM).

]Conforme informações de sites especializados, Manaus é o segundo maior polo naval do Brasil em termos de geração de empregos. São mais 14 mil pessoas que trabalham diretamente no setor naval.

Inscrições e informações pelo telefone (92) 3584-1195 ou contato por e-mail manaus@certificadorarecord.com.br.