Publicidade
Manaus
Manaus

Falta de ar condicionado e materiais, em Hospital de Manaus, preocupa acompanhantes e pacientes

De acordo com a fonte, o pai que está na Fundação Hospital Adriano Jorge há 14 dias e a falta de ar condicionado, durante esta terça (10) do bloco da internação, foi um deles. 10/07/2012 às 21:52
Show 1
Maior parte das operações da Fundação Hospital Adriano Jorge foram suspensas nesta segunda
acritica.com Manaus

A acompanhante de um paciente internado na Fundação Hospital Adriano Jorge, referência em Manaus por executar diversos procedimentos em diferentes áreas da medicina, reclamou nesta terça-feira (10), a respeito da falta de ar condicionado na unidade de internação cirúrgica. A fonte, que não quis ser identificada, ainda criticou a demora em recebimento de laudo e falta materiais para curativo.

De acordo com ela, o pai que está na Fundação Hospital Adriano Jorge há 14 dias e a falta de ar condicionado, durante esta terça (10) do bloco da internação, foi um deles “Isso é uma falta de respeito para o paciente, acompanhante e até mesmo os próprios funcionários que trabalham no primeiro andar da internação cirúrgica”, afirmou.

Ainda de acordo com a fonte, o laudo de uma ressonância feita na última quinta-feira (5), ainda não foi assinada pelo médico responsável, pois o mesmo não aparece no local. Faltam materiais como esparadrapo, gazes e algodão para fazer curativos. “Tudo isso estamos comprado e levando para que o curativo seja feito, meu pai está com dois pontos abertos na cirurgia e o médico todo dia promete ir fechar e não vai”, alegou.

Uma matéria publicada no Portal acritica.com, no mês de junho, mostrou que o Hospital deixou de realizar cirurgias por falta de material hospitalar básico como agulhas, algodão e gazes. Devido a falta de abastecimento dos materiais hospitalares por parte de vários fornecedores.

Hospital desmente informações

De acordo com a assessoria de comunicação do Hospital Adriano Jorge, o paciente que a fonte acompanha realizou uma cirurgia delicada e vem recebendo o acompanhamento necessário.

A assessoria informou ainda que o Hospital Adriano Jorge realiza em média 30 cirurgias diárias e há, sim, materiais para serem utilizados em qualquer procedimento. O ar condicionado está em manutenção, uma peça que deverá ser trocada em breve. Sobre a ressonância citada, o laudo foi liberado nesta segunda-feira (09) e cumpriu com o prazo correto.