Publicidade
Manaus
Cotidiano, Saúde, Transplante de órgãos, Susam, Doação de Órgãos

Falta de informação atrapalha a doação de órgãos no Amazonas

Para incentivar a doação e esclarecer a população sobre o assunto, a Susam está investindo em campanhas educativas e criou uma página na internet com informações para tirar todas as dúvidas sobre o tema 04/01/2013 às 12:56
Show 1
Em 2012 um total de 212 transplantes foram realizados no Amazonas
acritica.com Manaus

A falta de informação ainda é uma das principais causas para que familiares não autorizem a doação de órgãos no Amazonas, de acordo com o secretário estadual de Saúde, Wilson Alecrim.

Para incentivar a doação e esclarecer a população sobre o assunto, a Susam está investindo em campanhas educativas e criou uma página na internet com informações para tirar todas as dúvidas sobre o tema.

No endereço www.doeorgaos.am.gov.br é possível ter acesso a notícias, dados mensais de doação, transplantes e tirar dúvidas com a central de atendimentos, além de saber o que é mito e verdade sobre o assunto.

O site conta com ferramentas interativas, para que os interessados em tornarem-se doadores manifestem a sua vontade e informem, ainda em vida, esse desejo para a família. Uma dessas ferramentas é a carteirinha de doador, que pode ser preenchida e impressa diretamente no site. É um gesto simbólico, já que não é mais necessário registrar a condição de doador nos documentos de identificação, desde março de 2001.

Assim, a palavra final é da família, que muitas vezes não tem conhecimento da vontade do parente ou desconhece o processo.

Uma ferramenta disponível no site, para auxiliar nesses casos, é um e-mail onde o doador manda uma mensagem com todos os seus dados para a família, declarando ser um doador de órgãos. Para se tornar um doador, a pessoa precisa apenas expressar o desejo à família.

É importante lembrar que a doação é possível apenas quando o paciente tem morte encefálica comprovada e o organismo recebe o tratamento adequado para sua manutenção, até a retirada dos órgãos que serão encaminhados para transplante.

No site é possível ainda ter acesso ao Sistema Nacional de Transplantes, com a lista de pessoas que aguardam para receber um órgão compatível. Quem ainda está em dúvida ou precisa de mais informações pode entrar em contato com a Central Estadual de Transplantes, por meio do e-mail transplante@saude.am.gov.br ou da ferramenta no próprio site.

Dados do Amazonas
Em 2012, a Susam realizou 212 transplantes - 43 de rim, a partir de doador falecido; 145 de córneas; e 24 de rim entre vivos.

A meta do Governo do Estado é implantar, em 2013, os transplantes de fígado, que serão realizados na Fundação Hospital Adriano Jorge, localizada no bairro Cachoeirinha, Zona Sul de Manaus.

Para 2014, está prevista a oferta de transplantes de coração, que serão realizados no Hospital Francisca Mendes, no bairro Cidade Nova, na Zona Norte.

A unidade está sendo reestruturada e será transformada no Hospital do Coração do Amazonas, ampliando a oferta de serviços de saúde na área de cardiologia.

O secretário Wilson Alecrim destaca que os transplantes são, em muitos casos, a última alternativa para muitos pacientes e que um simples gesto, como o de deixar o desejo registrado, pode ajudar a família a tomar a decisão.

A Susam, disse ele, tem investido em campanha educativas para difundir o tema, nos hospitais e em escolas públicas, por meio de ações realizadas pela equipe da Organização de Procura de Órgãos (OPO), da Susam.

"Estamos em campanha, para que as pessoas comecem a se familiarizar com o processo de doação e entendam a importância desse ato. Em dezembro, tivemos o Natal Solidário, envolvendo as igrejas, e começamos um trabalho de formiguinha, porque entendemos que falta mais informação, para que a família autorize a doação", explica a coordenadora da OPO, Helen Figueiredo.